fbpx
Basquete

XV vence Hípica e repete confronto nas semifinais

Time piracicabano está classificado para os playoffs da Liga ARB na categoria sub-21

O Alvinegro encerrou a fase de classificação da Liga ARB com 17 pontos ganhos (Foto: Leonardo Moniz/Líder Esportes)

Em jogo isolado nesta terça-feira (29), a equipe masculina sub-21 do XV de Piracicaba venceu a Sociedade Hípica de Campinas pelo placar de 74×65. O duelo aconteceu no Ginásio Municipal Waldemar Blatkauskas, em Piracicaba, e foi válido pela décima rodada da primeira fase da Liga ARB (Associação Regional de Basquete). Com o resultado, o Alvinegro reassumiu a vice-liderança na classificação geral e repetirá o confronto com a Hípica nas semifinais – dono de melhor campanha, o XV decidirá a vaga para a final na condição de mandante.

Em casa, o Nhô Quim comandou o placar nos quatro quartos, mas oscilou durante a partida. Depois de um primeiro tempo equilibrado, o Alvinegro anulou o adversário e abriu boa vantagem entre o final do terceiro e o início do quarto período, colocando 19 pontos de diferença. A Hípica, porém, diminuiu o prejuízo e chegou a ficar sete pontos atrás. Nos segundos finais, a equipe de Campinas vacilou no ataque e o XV aproveitou para definir o resultado positivo. O armador Pedro Ortega foi o cestinha do jogo, com 22 pontos.

“Nas semifinais, será mais um jogo difícil, como foi hoje e já tinha sido em Campinas, quando perdemos no final (59×52). Hoje, abrimos uma boa vantagem, mas eles encostaram. A Hípica é um bom time, tem um bom aproveitamento nos lances de três e nós pecamos na marcação dos chutes. Pagamos para ver e isso explica o placar mais apertado. De qualquer forma, foi importante vencer e terminamos em segundo. Agora, é um novo campeonato”, analisou o técnico Baiano.

CAMPANHA

Com a vitória conquistada em casa, a equipe masculina sub-21 do XV/Raízen/Uniodonto/Fatep/Selam encerrou a etapa regular da Liga ARB com o segundo lugar na classificação geral, com 17 pontos ganhos. Em dez partidas disputadas, o Alvinegro venceu o Clube de Campo de Piracicaba, Americana e Caieiras, duas vezes cada, além da Sociedade Hípica de Campinas. O time piracicabano perdeu para a equipe de Campinas e para o líder e invicto Jundiaí, em duas oportunidades.

Voltar