fbpx

Líder Esportes

Futebol

XV vence, fica em 1º e encara Votuporanguense

O atacante Samoel Pizzi marcou o único gol da partida contra o Água Santa

XV de Piracicaba 1x0 Água Santa - Gol de Samoel Pizzi
Samoel Pizzi comemora o único gol da partida no Barão da Serra Negra (Foto: Michel Lambstein)

O XV de Piracicaba venceu o Água Santa por 1×0, na manhã deste domingo (16), no estádio Barão da Serra Negra. Com o resultado, combinado com a derrota do São Carlos para o Penapolense, o time piracicabano encerrou a segunda fase da Copa Paulista na liderança do Grupo 5, com 12 pontos. Nas quartas de final, o adversário do Alvinegro será o Votuporanguense. Além de fazer o jogo de volta em casa, o time piracicabano tem a vantagem do empate. As datas e horários dos jogos devem ser anunciados nesta segunda-feira (17).

Bruninho e Samuel se lesionaram e deixaram o campo no segundo tempo

Como havia dito na véspera, o técnico Cléber Gaúcho mexeu na equipe titular, sobretudo no meio-campo, que não contou com Barreto, suspenso, e o volante Clayton, poupado – o setor foi formado por Maranhão, Fraga e Lucas Pavone. Na defesa, a alteração foi na lateral direita, com a entrada de Raulen na vaga de Zé Mateus, poupado também. O trio de ataque foi composto por Bruninho, Rodolfo e Samoel Pizzi, que retomou a condição de titular após começar no banco de reservas em São Carlos.

Eliminado, o Água Santa se despediu da competição sem deixar saudades. O XV de Piracicaba, apesar do discurso de que a vitória seria fundamental para encerrar a segunda fase de grupos melhor colocado na classificação geral, não fez lá grande esforço para vencer a partida – não precisou, é verdade. O primeiro tempo foi sonolento, digno de jogo para cumprir tabela, com pouca criatividade. O Alvinegro foi eficiente: aos 23min, Samuel levantou a bola na área e, após o desvio, Samoel Pizzi completou: 1×0.

A vitória parcial, somada ao tropeço do São Carlos em Penápolis, garantia ao XV o primeiro lugar do Grupo 5.  A nota ruim no início do segundo tempo foi a lesão muscular de Bruninho, que colocou a mão na parte posterior da coxa e saiu de campo chorando para a entrada de Romarinho. No que diz respeito à bola rolando, Fraga desperdiçou duas chances claras para ampliar. Aos 15min, Rodolfo deixou o volante mano a mano com o zagueiro, mas em vez de passar para Romarinho, que corria livre ao lado, Fraga tentou finalizar e entregou a bola de bandeja para o goleiro Dheimison.

MESMICE

Na sequência, Lucas Pavone escapou pela esquerda e bateu cruzado. No rebote do goleiro, a bola ficou limpa para Fraga, com o gol aberto, mas o chute saiu de canela pela linha de fundo. A segunda substituição feita pelo técnico Cléber Gaúcho foi para dar maior consistência ao meio-campo: Lucas Pavone saiu para a entrada de Clayton. A última mudança seria no ataque, com Rafael Gomes no lugar de Rodolfo, mas o lateral-esquerdo Samuel precisou deixar o campo lesionado – Rafael Gomes entrou e Fraga foi deslocado para a esquerda. Na prática, não mudou nada, nem o placar.

FICHA TÉCNICA

Esporte Clube XV de Piracicaba

1  XV DE PIRACICABA

Mateus Pasinato; Raulen, Rodrigo, Lucas Cunha e Samuel (Rafael Gomes); Maranhão, Fraga e Lucas Pavone (Clayton); Samoel Pizzi, Rodolfo e Bruninho (Romarinho). Técnico: Cléber Gaúcho

Esporte Clube Água Santa

0  ÁGUA SANTA

Dheimison; Genilson (Erick), Pedro, Herbert e Willian; Serginho, Jonnathan, Sampson (Gil) e Vinícius; Marcelinho e Gabriel Duarte. Técnico: Fahel Júnior

Gol: Samoel Pizzi (XV) aos 23min/1ºT| Árbitro: Márcio Henrique de Gois | Cartões amarelos: Fraga e Rafael Gomes (XV); Pedro (AGS) | Público: 1.893 pagantes| Renda: R$ 12.760,00

Voltar