fbpx

Líder Esportes

Futebol

XV vence, convence e fica mais perto do título

Rafael Gomes brilha de novo, marca duas vezes e XV derrota a Ferroviária

XV de Piracicaba 2x0 Ferroviária - Copa Paulista 2016
Rafael Gomes marcou os dois gols da vitória alvinegra: festa no Barão (Foto: Diego Soares/Código 19)

Com dois gols de Rafael Gomes, atuação coletiva sólida e empurrado por 11 mil pessoas nas arquibancadas, o XV de Piracicaba venceu a Ferroviária por 2×0 neste sábado (19), no estádio Barão da Serra Negra, e abriu ótima vantagem na decisão da Copa Paulista. O resultado foi construído com um gol em cada tempo. No jogo de volta, marcado para o próximo sábado (26), na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara, o Alvinegro pode perder por um gol de diferença para ficar com a taça – e a vaga na Série D do Campeonato Brasileiro. Vitória da Ferrinha por dois gols de vantagem leva a decisão para os pênaltis.

Rafael Gomes aos nove gols na Copa Paulista: artilheiro e decisivo contra a Ferroviária

Cléber Gaúcho repetiu a escalação habitual com três atacantes – Samoel Pizzi e Romarinho pelas pontas com Rafael Gomes posicionado como homem de referência. Logo aos 2min, o Alvinegro criou a primeira chance de marcar: Clayton roubou a bola no meio de campo e serviu Romarinho, que abriu para Zé Mateus cruzar. De frente para o gol, Samoel Pizzi encheu o pé, mas a bola desviou em Romarinho e saiu pelo alto. Com a marcação adiantada, o XV dificultava a saída do adversário, que tentava cadenciar o ritmo do jogo.

Após a pressão inicial, a velocidade da partida caiu. Bem postada, a Ferroviária subiu ao ataque pela primeira vez aos 26min com uma arrancada do lateral William Cordeiro, que arriscou a finalização de longa distância e exigiu a primeira participação de Mateus Pasinato, que encaixou firme. A resposta alvinegra foi mortal. Aos 27min, Samuel escapou pela esquerda e cruzou fechado, e Matheus espalmou para o alto. Atento ao rebote, o centroavante Rafael Gomes empurrou para a rede de cabeça, encobrindo o goleiro: 1×0.

O gol fez a Ferroviária mudar a postura. A equipe de Araraquara passou a frequentar mais o campo ofensivo, mas esbarrava na marcação do XV, que já não tinha mais pressa para atacar. Ainda assim, o Alvinegro levava mais perigo que o adversário: aos 40min, Barreto cobrou escanteio e a zaga afastou mal; na sobra, Zé Mateus chutou forte e errou o alvo na última ocasião de gol da etapa inicial. Cléber Gaúcho e Antonio Picoli não mexeram no intervalo e voltaram para o segundo tempo com as mesmas formações. No plano tático, também não houve novidades.

XV de Piracicaba 2x0 Ferroviária - Copa Paulista 2016

Cerca de 11 mil pessoas acompanharam a vitória do XV contra a Ferroviária (Foto: Diego Soares/Código 19)

As duas primeiras substituições, porém, não demoraram para acontecer – após 15 minutos truncados, o técnico da Ferroviária colocou Diego Souza no lugar de Wellington; o XV perdeu Barreto, que deixou o gramado na maca para a entrada de Gilsinho. Um minuto depois das mudanças, o Nhô Quim ampliou o placar. Em jogada trabalhada pela direita, o lateral Zé Mateus saiu na cara do gol e carimbou a trave; na sobra, o artilheiro Rafael Gomes foi mais rápido que os zagueiros e deu um tapa para o fundo da rede: 2×0. Na origem do lance, o atacante estava em posição de impedimento. Foi o nono gol do artilheiro na Copa Paulista.

A Ferroviária tentou o gol a qualquer custo nos minutos finais, mas foi o Alvinegro que quase marcou pela terceira vez. Aos 36min, Zé Mateus cobrou falta fechada e quase surpreendeu o goleiro, que pegou no susto. Na sequência, o volante Maranhão fez fila, invadiu a área e mandou uma bomba com o pé direito, mas Matheus defendeu novamente. Satisfeito com o resultado, Cléber Gaúcho decidiu fechar o time: aplaudido em pé por quase 11 mil torcedores, o artilheiro da noite Rafael Gomes deixou o campo para a entrada de Lucas Pavone. A estratégia deu certo: falta apenas um degrau para o inédito título da Copa Paulista – e a sonhada vaga na Série D do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

Esporte Clube XV de Piracicaba

2  XV DE PIRACICABA

Mateus Pasinato; Zé Mateus, Rodrigo, Lucas Cunha e Samuel; Maranhão, Clayton e Barreto (Gilsinho); Samoel Pizzi (Celsinho), Rafael Gomes (Lucas Pavone) e Romarinho. Técnico: Cléber Gaúcho

Associação Ferroviária de Esportes

0  FERROVIÁRIA

Matheus; William Cordeiro, Patrick, Luan e Sávio; Rafael Castro, Élder Santana, Kaio (Fábio Souza) e Kelvy (Felipe Silva); Wellington (Diego Souza) e Bruno Lopes. Técnico: Antonio Picoli

Gols: Rafael Gomes (XV) aos 27min/1ºt; Rafael Gomes (XV) aos 16min/2ºT | Árbitro: José Cláudio Rocha Filho| Cartões amarelos:  Samuel (XV); William Cordeiro, Fábio Souza e Kaio (FER) | Público:  10.791 pagantes| Renda: R$ 157.863,00

Voltar