fbpx
Futebol

XV supera desfalques, vence Juventus e entra no G8

Alvinegro volta a sofrer com lesões, mas conquista quarta vitória consecutiva no ano

Caio Mancha, atacante do XV de Piracicaba
Caio Mancha marcou o gol da vitória do XV de Piracicaba em São Paulo (Foto: Ale Vianna/Juventus)

A quarta vitória consecutiva do XV de Piracicaba em 2020 aconteceu neste domingo (16), em São Paulo. Contra o Juventus, o time piracicabano entrou em campo recheado de desfalques e perdeu três jogadores lesionados durante a partida – David, Filipe Cirne e Samuel. Apesar da situação difícil, o Alvinegro venceu por 1×0, com um gol marcado por Caio Mancha, em cobrança de pênalti. O resultado colocou o XV na quinta posição na Série A2 do Campeonato Paulista, com 11 pontos em sete rodadas – já são três triunfos seguidos no Estadual. O próximo compromisso é contra o Red Bull, domingo (23), às 18h30, no Barão da Serra Negra.

O técnico Tarcísio Pugliese precisou quebrar a cabeça para escalar o time titular do Alvinegro. Com Jéfferson Feijão e Kadu poupados, David entrou na lateral direita e Érik Gabriel ganhou nova oportunidade no ataque. O zagueiro Paulão foi improvisado na lateral esquerda, enquanto o ala direito Robertinho atuou como volante. Além dos desfalques, o time piracicabano perdeu Filipe Cirne aos 22min. Lesionado, o meia-atacante saiu para a entrada de Érison.

O primeiro tempo foi fraco na Rua Javari, que recebeu excelente público. Não faltou disposição, mas o jogo ficou travado no meio-campo, com as duas equipes errando muitos passes. A melhor chance do Juventus ocorreu aos 27min. Marcelinho disparou em velocidade pela esquerda e passou para Léo Castro finalizar. A bola desviou em Gilberto Alemão e saiu rente ao travessão de Mota. O XV levou perigo aos 36min. Após boa jogada pela direita, David cruzou, Érison tocou de cabeça e Érik Gabriel entrou livre na pequena área, mas não conseguiu completar.

VITÓRIA

A segunda etapa começou com mais uma baixa para o Alvinegro. O estreante David saiu de campo lesionado e foi substituído por Muriel. O Moleque Travesso teve boa chance aos 7min. Cristian fez o lançamento para Léo Castro, que dominou na área, encarou a marcação de Gilberto Alemão e acertou a trave na finalização cruzada. A situação quinzista ficou mais complicada com a terceira mudança por lesão – Samuel precisou ser trocado por Assis. Apesar das dificuldades, o time piracicabano mostrou apetite para buscar a vitória.

Aos 33min, Daniel Costa bateu escanteio pela esquerda e Gilberto Alemão subiu livre, mas errou o alvo no cabeceio. Seis minutos depois, o Nhô Quim chegou ao gol da vitória. Érison foi lançado e o goleiro André atropelou o atacante na tentativa de cortar o lance. O árbitro Flávio Roberto Mineiro Ribeiro marcou pênalti. Na cobrança, uma surpresa: Caio Mancha pediu para bater, mesmo com Daniel Costa em campo. O camisa 9, porém, não desperdiçou a chance e cobrou com categoria para dar números finais ao marcador.

FICHA TÉCNICA

Juventus Futebol Clube

0   JUVENTUS

André; Thiaguinho, Robson, Diego Sacomam e Paulo Henrique; Alê, Léo Castro, Cristian (Danilo) e Potiguar (Maycon); Marcelinho (Mazola) e Rocha. Técnico: Alex Alves.

1   XV DE PIRACICABA

Mota; David (Muriel), Diego Jussani, Gilberto Alemão e Paulão; Robertinho, Samuel (Assis) e Daniel Costa; Filipe Cirne (Érison), Érik Gabriel e Caio Mancha. Técnico: Tarcísio Pugliese

Gol: Caio Mancha (XV) aos 39min/2ºT | Árbitro: Flávio Roberto Mineiro Ribeiro | Cartões amarelos: Rocha, Mazola, Robson e Alê (JUV); Tarcísio Pugliese (XV) | Público: 2.552 pagantes | Renda: R$ 42.680,00

Voltar