fbpx

Líder Esportes

Futsal

XV/Rezende é eliminado da Liga Nacional de Futsal

Montado 'em cima da hora', time piracicabano sofre três derrotas em Indaiatuba

*Arquivo/Líder Esportes

Depois de três jogos e três derrotas, a equipe feminina adulta do XV de Piracicaba/Rezende/Selam foi eliminada na primeira fase da LNFF (Liga Nacional de Futsal Feminino). A competição foi realizada no último fim de semana, em Indaiatuba. O time piracicabano perdeu na estreia para a Liga Aifa, por 6×5. Os gols do Alvinegro foram marcados por Giovana (4) e Gislene. Na segunda partida, contra Itatiba, o Nhô Quim saiu na frente com um gol de Nayara, mas levou a virada por 3×1. A terceira derrota aconteceu diante do Unifafibe/Bebedouro, pelo placar de 1×0.

Apesar da eliminação, o técnico Aílton Vieira destacou a entrega da equipe, que foi montada ‘em cima da hora’ para a competição. “A nossa participação foi importante porque nós também levamos o nome do futsal do XV/Rezende para o Brasil inteiro. Nós sabíamos que a classificação seria difícil, tivemos dificuldades para montar o elenco por conta da pandemia. A equipe adulta estava praticamente parada, sem treinos presenciais. Perdemos os três jogos, mas fizemos boas partidas. Saímos com a cabeça erguida e sabendo que demos o nosso melhor”, disse o treinador.

SUB-17

Sem novas competições oficiais para a equipe adulta na temporada 2020, que teve o calendário alterado por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19), o XV/Rezende agora volta as atenções ao time feminino sub-17. Na próxima quarta-feira (25), às 16h, o Alvinegro enfrenta o Santo André, fora de casa, pela segunda rodada da Liga Paulista de Futsal. O confronto vale a liderança do Grupo B.

Com a derrota do Seme/Avaré para a representação do Grande ABC, no último sábado (21), o XV/Rezende já entra em quadra classificado para as semifinais. “Agora o nosso foco total está na categoria sub-17, que é uma equipe formada com atletas aqui da cidade e com isso estamos conseguindo treinar presencialmente. Vamos batalhar pela primeira colocação do grupo e para chegar à final”, concluiu Vieira.

Voltar