fbpx
Futsal

XV/Rezende é derrotado em Pindamonhangaba

Alvinegro tentará reverter o placar no próximo domingo para chegar à final

Bruninha, ala da equipe feminina de futsal do XV/Rezende
A ala Bruninha é uma das apostas do XV/Rezende para reverter o placar em casa (Foto: Prefeitura de Tatuí)

Pindamonhangaba venceu o XV de Piracicaba/Rezende e abriu vantagem na busca por uma vaga à decisão da Copa Interior Sub-20 de Futsal Feminino. Em duelo realizado no último sábado (16), no Ginásio de Esportes do Alto do Tabaú, a equipe da casa derrotou o time piracicabano por 4×0 e reverteu a vantagem do Alvinegro, que estava invicto na competição. Waleska, Josiane e Thainá Soares, duas vezes, marcaram para Pindamonhangaba. A partida de volta acontece no próximo domingo (24), às 11h30, no Ginásio de Esportes do Parque Prezotto, em Piracicaba. A entrada é gratuita.

Para chegar à final, o XV/Rezende terá de vencer o adversário no tempo normal, independente do placar. De acordo com o regulamento, o saldo de gols não é critério de desempate. O resultado positivo do Alvinegro levaria a decisão da vaga para a prorrogação, quando o elenco comandado pelo técnico Aílton Vieira teria a vantagem de atuar pelo empate, pois fez melhor campanha que o rival na fase de classificação. Para avançar, Pindamonhangaba precisa apenas de um empatar no tempo regulamentar.

“Nós enfrentamos uma equipe com muita qualidade, que está bem estruturada e que tem condições de treinar ao longo da semana, coisa que nós não conseguimos. Além disso, Pindamonhangaba está acostumada a disputar competições importantes. Apesar da goleada, o jogo foi equilibrado, mas nós sofremos gols ‘bobos’ e buscar o resultado contra time bom é sempre complicado. Espero uma partida de volta muito difícil, mas estamos confiantes em reverter o placar aqui em Piracicaba”, afirmou o treinador.

O JOGO

Jogando em casa, Pindamonhangaba construiu o placar ainda no primeiro tempo, quando abriu 3×0. No intervalo, Aílton Vieira corrigiu as falhas do time piracicabano, que voltou melhor para a etapa complementar e pressionou o rival, mas esbarrou no sólido sistema defensivo do adversário. No contra-ataque, a equipe mandante deu números finais ao marcador. No outro lado da chave, Américo Brasiliense e Taubaté também buscam uma vaga na decisão. O XV/Rezende é o atual campeão do torneio.

Voltar