fbpx
Futebol

XV reage no fim, arranca empate e mantém vice-liderança

Nhô Quim tem atuação fraca em Votuporanga, mas garante empate na raça

Kadu, atacante do XV de Piracicaba
O atacante Kadu foi um dos poucos titulares do XV que atuou em Votuporanga (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

Cinco minutos. Foi esse o tempo que o XV de Piracicaba precisou para evitar a segunda derrota consecutiva na Série A2 do Campeonato Paulista. Jogando na Arena Plínio Marin, o Nhô Quim apresentava mau futebol e perdia para o Votuporanguense por 2×0 até os 41min do segundo tempo, em duelo válido pela 13ª rodada. O jogo parecia perdido, mas Cassio Gabriel e Lucas Formiga saíram do banco de reservas para deixar tudo igual nos minutos finais. Com o empate, o XV segue na vice-liderança, com 24 pontos. O time piracicabano atua novamente no domingo (24), quando visita o quarto colocado Rio Claro.

Em Votuporanga, o XV de Piracicaba entrou em campo com uma equipe ‘alternativa’, com mudanças em todos os setores. O técnico Tarcísio Pugliese justificou a decisão pelo fato de o time piracicabano atuar três vezes em sete dias. Luiz Fernando voltou ao gol, Aírton Júnior e Marcel formaram a dupla de zaga. Nas laterais, Robertinho e Rubens Carvalho iniciaram o confronto. No meio-campo, a novidade foi Danilo Bueno, enquanto Bruninho apareceu no ataque titular.

Cassio Gabriel e Lucas Formiga saíram do banco de reservas para empatar o jogo contra o CAV na casa do adversário

No primeiro tempo, o Votuporanguense dominou o Alvinegro, que teve dificuldade para atacar e não ofereceu perigo ao goleiro Bruno. A equipe mandante explorava as laterais com Erick Salles e Cristiano levando vantagem sobre os marcadores. O gol, entretanto, surgiu em lance de bola parada. Aos 25min, o zagueiro Renato Justi aproveitou uma cobrança de escanteio de Murilo e pegou o rebote de uma bola que tinha batido na trave, com desvio do goleiro Luiz Fernando, para estufar a rede: 1×0.

Apesar do mau desempenho, Pugliese não mexeu no intervalo. Aos 6min, Bruno Baio desperdiçou chance incrível de ampliar. Erick Salles passou como quis pela marcação e cruzou para o atacante completar, mas a finalização com o gol aberto foi sobre o travessão. A pressão surtiu efeito aos 26min, em mais uma cobrança de escanteio. Dessa vez, Bruno Baio ganhou de Aírton Júnior pelo alto e não perdoou: 2×0. O Votuporanguense ainda perdeu duas claras ocasiões para aumentar a diferença, mas parou em Luiz Fernando.

REAÇÃO

O XV, então, reagiu com dois jogadores que vieram do banco de reservas. Aos 41min, Cassio Gabriel, que havia substituído Danilo Bueno, emendou de primeira a boa jogada tramada entre Andrei e Robertinho para diminuir a vantagem do CAV: 2×1. No apagar das luzes, coube ao atacante Lucas Formiga, que entrou em campo no lugar de Kadu, após longo tempo de ausência para se recuperar de lesão, igualar o marcador em Votuporanga e manter o time piracicabano na vice-liderança do campeonato estadual: 2×2.

FICHA TÉCNICA

2   VOTUPORANGUENSE

Bruno; Danilo Belão, Luanderson, Renato Justi e Caio Mascarenhas; Alison, Murilo (Léo Aquino) e Ricardinho; Erick Salles (Luis Guilherme), Bruno Baio (Alisson Mira) e Cristiano. Técnico: Alberto Félix

2   XV DE PIRACICABAEsporte Clube XV de Piracicaba

Luiz Fernando; Robertinho, Marcel, Aírton Júnior e Rubens Carvalho; Fraga, Walfrido e Danilo Bueno (Cassio Gabriel); Bruninho (Andrei), Kadu (Lucas Formiga) e Ítalo. Técnico: Tarcísio Pugliese

Gols: Renato Justi (VOT) aos 25min/1ºT; Bruno Baio (VOT) aos 26min, Cassio Gabriel (XV) aos 41min e Lucas Formiga (XV) aos 46min/2ºT | Árbitro: Thiago Luis Scarascati | Cartões amarelos: Alison e Cristiano (VOT); Aírton Júnior, Robertinho e Rubens Carvalho (XV) | Público: 722 pagantes | Renda: R$ 9.729,00

Voltar