fbpx
Futebol

XV pode se tornar patrimônio cultural imaterial

De autoria de Capitão Gomes, projeto de lei está em tramitação na Câmara

Vereador Capitão Gomes (PP)
O projeto de lei é de autoria do vereador Capitão Gomes (Foto: Fabrice Desmonts/Divulgação)

Tramita na Câmara de Vereadores de Piracicaba o Projeto de Lei 142/2018, de autoria do vereador Carlos Gomes da Silva, o Capitão Gomes (PP), que reconhece o Esporte Clube XV de Novembro de Piracicaba como patrimônio cultural imaterial do município. “O XV é uma instituição privada. Apesar de ser patrimônio cultural da cidade, ele é um clube esportivo. Isso inviabiliza a ação do Poder Público para ajudar o XV, seja na Câmara, na prefeitura, nas instituições e em outras instâncias do poder constituído”, disse o parlamentar.

Duo Imóveis

O objetivo do projeto é legitimar o XV de Piracicaba como patrimônio cultural imaterial do município. “À medida que isso se torna legal, dispõe-se de mecanismos para poder conseguir subsídios, emendas e ajuda de fundos de apoio ao esporte e à cultura”, afirmou o vereador. De acordo com Capitão Gomes, a aprovação ampliaria as possibilidades de investimentos e parcerias, viabilizando, segundo ele, “projetos que possam elevar o XV às categorias de maior destaque no cenário nacional”.

“A gente quer preservar a imagem do clube, a marca XV de Novembro”, afirmou o parlamentar. “Não se pode permitir que um símbolo tão emblemático para a cidade desapareça com o passar do tempo, seja pela dificuldade em superar as adversidades financeiras, seja pela omissão do Poder Público”, completou. Capitão Gomes diz que a aprovação do Projeto de Lei garantirá “protagonismo histórico ao Legislativo, que será reconhecido pela atual e pelas próximas gerações”.

FEDERAL

O vereador informou que, em um segundo momento, a intenção é apresentar projeto semelhante em âmbito federal. Segundo Capitão Gomes, o deputado federal Antonio Carlos de Mendes Thame (PV-SP) se dispôs a fazer a apresentação do mesmo projeto em Brasília (DF). “Se isso realmente acontecer, Piracicaba passa a ser enxergada no Brasil inteiro como uma cidade que tem o XV como um patrimônio cultural, assim como nosso dialeto, a pamonha, a cachaça e o rio Piracicaba, que são ícones da cidade”, concluiu.

Voltar