fbpx

Líder Esportes

Futebol

XV perde pênalti, leva sufoco, mas vence Batatais

Bruninho faz gol da vitória; adversário pressiona, mas não evita triunfo alvinegro

XV de Piracicaba 1x0 Batatais - Série A2
A vitória contra o Batatais deixou o XV de Piracicaba na briga pelo G-4 (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

O XV de Piracicaba conquistou nesta terça-feira (6) a segunda vitória seguida na Série A2 do Campeonato Paulista. Jogando no Barão da Serra Negra, o Nhô Quim derrotou o Batatais por 1×0, com um gol do atacante Bruninho ainda no primeiro tempo. O artilheiro Everton falhou um pênalti antes do intervalo. Na segunda etapa, a pressão do adversário não foi suficiente para alterar o resultado. Com o triunfo, o XV soma 18 pontos e fica provisoriamente na sexta colocação.  Na próxima sexta-feira (9), o Alvinegro volta a jogar em casa, às 21h30, contra o Água Santa.

Anúncio Duo Imóveis

Desfalcado de Fabinho, o técnico Evaristo Piza organizou o meio-campo com André Cunha e Norton no setor de criação, e manteve Bruninho e Everton no comando do ataque. Baixa de última hora, o volante Bruno Formigoni foi substituído por Jonathan Costa, titular ao lado de Gilson. A equipe piracicabana começou o duelo em cima do adversário e criou três oportunidades em menos de dez minutos. A primeira veio com Norton, em finalização da entrada da área. Depois, foi Oziel quem levou perigo em duas investidas pelo lado direito.

O prêmio pela insistência chegou aos 11min. Bruninho aproveitou nova saída errada do Batatais, cortou o passe e finalizou colocado da intermediária para acertar o canto esquerdo do goleiro Wallace: 1×0. O Fantasma da Mogiana não demorou para responder. Aos 17min, o lateral Bruno Santos cruzou para a área e a bola passou pela dupla de zaga antes de encontrar Juninho, mas o atacante cabeceou mal, facilitando a defesa de Samuel Pires. O XV era melhor que o rival e teve a chance de ampliar aos 34min, quando André Cunha sofreu pênalti. Na cobrança, porém, Wallace pegou o chute de Everton, que ainda emendou o rebote de voleio para fora.

O cenário tranquilo da etapa inicial mudou de figura no segundo tempo: foram 15 minutos em que o Batatais encurralou o Alvinegro. Evaristo Piza percebeu e mexeu: Jobinho ocupou a vaga de Norton. Impaciente, o público começou a chiar: substituído por Rafael Rosa, o lateral-direito Oziel foi bastante vaiado. Com a mudança, Jonathan Costa foi deslocado para o setor. Aos 21min, Samuel Pires salvou o empate do Fantasma da Mogiana ao defender o tiro à queima-roupa de Vagner. Na sequência, o goleiro evitou o gol contra de Rubens Carvalho, que cabeceou para trás uma falta cobrada por Bruno Santos.

AMEAÇA

O XV ameaçou o adversário pela primeira vez no segundo tempo aos 29min, em lance pela esquerda concluído por Maikon Aquino, que havia acabado de entrar no lugar de Everton. Wallace espalmou com dificuldade. O goleiro do Batatais voltou a aparecer bem aos 39min, em finalização de Bruninho. No minuto seguinte, o árbitro Rafael Gomes da Silva paralisou o jogo por três minutos devido à queda parcial de energia de uma das torres do estádio. Na retomada, Bruninho fez belo lance pela esquerda e serviu Rafael Rosa, que ficou cara a cara com o goleiro, mas concluiu sem força. Bruninho ainda teve a última chance para ampliar, porém, errou o alvo na entrada da pequena área.

FICHA TÉCNICA

Esporte Clube XV de Piracicaba

1  XV DE PIRACICABA

Samuel Pires; Oziel (Rafael Rosa), Marcondes, Doni e Rubens Carvalho; Gilson, Jonathan Costa, André Cunha e Norton (Jobinho); Bruninho e Everton (Maikon Aquino). Técnico: Evaristo Piza

0   BATATAIS

Wallace; Bruno Santos, Marcão, Medina e Fabinho; Felipe Hereda, Matheus Guimarães, Vagner (Romário) e Bruno Nascimento; Cortez (Douglas Pote) e Juninho (Thales). Técnico: Alexandre Ferreira

Gol: Bruninho (XV) aos 11min/1ºT | Árbitro: Rafael Gomes da Silva | Cartões amarelos: Rubens Carvalho (XV); Matheus Guimarães e Marcão (BAT) | Público: 2.347 pagantes | Renda: R$ 30. 120,00

Voltar