fbpx
Futebol

XV luta, vira sobre o Água Santa e está nas semifinais da Copa Paulista

Alvinegro conquista a classificação após duelo eletrizante em que sobrou 'vontade' no Barão da Serra Negra

XV de Piracicaba 2x1 Água Santa - Copa Paulista 2022
Alvinegro vira, classifica e faz a festa da torcida no Barão da Serra Negra (Foto: Matheus Sciamana)

Com uma vitória de virada pelo placar de 2×1 de virada diante do Água Santa, nesta sexta-feira (16), no Barão da Serra Negra, o XV de Piracicaba é semifinalista da Copa Paulista. Os gols do Alvinegro foram marcados Matheus Martins e Vinicius, ambos no segundo tempo. Após o empate por 1×1 no jogo de ida, em Diadema, um novo resultado igual garantiria o Nhô Quim na próxima fase. Mas o time do técnico Cléber Gaúcho não jogou com o regulamento embaixo do braço e, na base da vontade, buscou a vitória no último lance do confronto. 

Quem saiu na frente em Piracicaba foi o visitante, que abriu o placar ainda no primeiro tempo com Patrick Allan, após jogada trabalhada pelo lado esquerdo com o meio-campista Bruno Xavier. O XV precisava só de um gol para avançar e, logo na volta para a etapa final, a arbitragem assinalou um pênalti sofrido por Enzo Henrique, mas Lucas Duni bateu para a defesa do goleiro Fabrício, do Água Santa. O drama estava instalado no Barão.

Minutos depois, a arbitragem anulou o gol do Netuno marcado por Bruno Xavier, alegando suposta falta de ataque cometida por Inocêncio. O árbitro Matheus Delgado Candançan foi o destaque negativo da partida. Além de travar o jogo e cometer falhas técnicas, não assinalou outro claro pênalti a favor do Nhô Quim, em lance que foi visto como penalidade pelo VAR.

VIRADA

Apesar do momento ruim, a equipe alvinegra não se abateu. Limitado na técnica, mas digno de aplausos pelo esforço, o XV conseguiu o resultado necessário para se classificar. Aos 28min, o atacante Matheus Martins recebeu lançamento em profundidade, aproveitou uma falha bizarra do zagueiro Donato e tocou rasteiro, na saída de Fabrício. A bola entrou mansamente no gol, deixando tudo igual no Barão da Serra Negra: 1×1.

Nos 15 minutos finais, quase 30 devido ao tumulto envolvendo jogadores, comissões técnicas e até gandulas, e uma longa conversa entre os árbitros de campo e de vídeo, a tensão tomou conta do estádio. Aos 55min, finalmente, os mais de 3.000 torcedores, enfim, tiveram a alma lavada: Vinicius aproveitou um chutão, saiu sozinho em disparada do meio-campo e bateu na saída de Fabrício: 2×1, vaga confirmada e o XV já aguarda o adversário nas semifinais.

Voltar