fbpx

Líder Esportes

Basquete

XV estreia técnico sérvio em jogo internacional

Dusan Radivojevic inicia trabalho contra time universitário norte-americano

Fusco, ala da equipe masculina de basquete do XV de Piracicaba
Fusco foi bem contra o Chile e tenta repetir a boa atuação amanhã (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

Ainda em pré-temporada, o basquete adulto do XV de Piracicaba disputa nesta sexta-feira (13) o segundo amistoso internacional em 2016. Após bater a seleção chilena com relativa facilidade, o time piracicabano enfrenta uma equipe universitária norte-americano, formada por jogadores de Kansas, Missouri, Nebraska e Wisconsin. O duelo está agendado para as 18h nas dependências do Ginásio Municipal Waldemar Blatkauskas – não haverá cobrança de ingressos.

XV estreia técnico sérvio contra combinado universitário dos Estados Unidos

A principal novidade do Nhô Quim estará do lado de fora da quadra. Contratado na quarta-feira (11), o sérvio Dusan Radivojevic estreia como técnico da equipe masculina. Aos 31 anos, o comandante começou a carreira de treinador no Brasil, em 2011, no Vitória-ES. Na época de atleta, o sérvio também jogou no país, além de atuar no basquete universitário dos Estados Unidos e na própria Sérvia. “Nós precisamos de disciplina, vontade e querer sair da zona de conforto. Isso eu vou cobrar”, prometeu Radivojevic.

O maior desafio do sérvio na temporada é a divisão especial do Campeonato Paulista, que começa em julho. A competição será disputada por 14 equipes. Na primeira fase, serão 13 rodadas em turno único, com o mando de quadra sorteado pela FPB (Federação Paulista de Basquete). Os 12 melhores se classificam para a segunda fase, que será disputada em quatro triangulares com sedes fixas. As duas primeiras equipes de cada triangular avançam para a próxima fase – a FPB ainda não definiu se o sistema será em forma de playoff ou então em dois quadrangulares.

No primeiro jogo preparatório, o XV de Piracicaba venceu com facilidade o amistoso internacional disputado contra o Chile. O placar de 97×77 resumiu a superioridade do conjunto do técnico Baiano, que agora deixa o cargo de treinador para assumir a função de gerente técnico do clube. A seleção chilena, comandada pelo argentino Daniel Frola, está em fase de testes para o Sul-americano do ano que vem e não vai participar dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Voltar