fbpx

Líder Esportes

Futebol

XV estreia na Série A2 com derrota para a Lusa

Alvinegro teve atuação razoável na primeira etapa e foi dominado no 2º tempo

*Capa: Dorival Rosa/Portuguesa

O XV de Piracicaba começou mal a Série A2 do Campeonato Paulista. Jogando no Canindé, em São Paulo, o Alvinegro perdeu para a Portuguesa por 2×0. Os dois gols da noite desta quarta-feira (22) foram marcados pelo atacante Lúcio Flávio. O time piracicabano, que teve atuação razoável no primeiro tempo e abaixo da crítica na segunda etapa, entra em campo novamente no próximo sábado (25), às 19h, quando recebe o Audax no Barão da Serra Negra.

A partida começou ‘pegada’ no Canindé: em menos de dez minutos, o zagueiro Gilberto Alemão, que formou a dupla de zaga quinzista ao lado de Diego Jussani, e o volante Caíque, da Lusa, já haviam recebido o cartão amarelo. O primeiro lance de perigo foi criado pela Portuguesa: aos 13min, o meia Lúcio Flávio deixou Raniele de frente para o gol, mas o goleiro Mota fechou o ângulo e salvou o Nhô Quim após a finalização do camisa 3 da Portuguesa.

O XV de Piracicaba tentou responder com Raphael Macena, mas faltou precisão ao atacante nas duas tentativas de conclusão. A Lusa abriu o placar aos 27min. Roger Gaúcho fez a jogada pela direita e a bola ficou com Lúcio Flávio, que aplicou um chapéu no zagueiro Diego Jussani e encheu o pé para marcar um golaço: 1×0. A vantagem poderia ter ficado maior aos 42min, porém, Raphael Macena fez o papel de zagueiro e evitou o segundo gol de Lúcio Flávio.

SEGUNDO TEMPO

Apesar do resultado negativo, o técnico Tarcísio Pugliese não mexeu no intervalo. A equipe piracicabana voltou mais ligada para o segundo tempo e quase empatou aos 7min. Filipe Cirne cobrou escanteio, o volante Hiroshi cabeceou e o goleiro Dida desviou a bola, que ainda tocou a trave. Na sequência, o treinador do XV fez duas substituições: Érik Gabriel saiu para a entrada de Marcelinho; Caio Mancha ocupou o lugar de Filipe Cirne. No papel, o Alvinegro atuava com quatro atacantes. Na prática, a Portuguesa dominava o meio-campo e acumulava chances desperdiçadas.

O goleiro Mota evitou os gols de Lúcio Flávio, Raphael Toledo e Adilson Bahia. Pugliese, então, tirou Hiroshi e colocou Daniel Costa em campo. Na bola parada, especialidade do meia, o zagueiro Gilberto Alemão teve boa oportunidade para empatar, mas errou o alvo. Como no futebol ‘quem não faz, toma’, Lúcio Flávio definiu o placar no lance seguinte. Aos 42min, o camisa 9 da Lusa aproveitou cruzamento de Jorge Eduardo pela esquerda e cabeceou livre para o fundo da rede, dando números finais ao marcador: 2×0.

FICHA TÉCNICA

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA PORTUGUESA DE DESPORTOS

2   PORTUGUESA

Dida; Léo Pereira, Raniele, Bruno Maia e Vinícius Silva; Caíque, Raphael Toledo e Roger Gaúcho (Vinícius Pedalada); Adilson Bahia, Edson Carioca (Jorge Eduardo) e Lúcio Flávio (Bruno Mota). Técnico: Moacir Júnior

0   XV DE PIRACICABA

Mota; Jéfferson Feijão, Gilberto Alemão, Diego Jussani e Assis; Bruno Lima, Hiroshi (Daniel Costa) e Filipe Cirne (Caio Mancha); Kadu, Érik Gabriel (Marcelinho) e Raphael Macena. Técnico: Tarcísio Pugliese

Gols: Lúcio Flávio (POR) aos 27min/1ºT; Lúcio Flávio (POR) aos 42min/2ºT | Árbitro: José Cláudio Rocha Filho | Cartões amarelos: Caíque e Léo Pereira (POR); Tarcísio Pugliese, Gilberto Alemão e Marcelinho (XV) | Público: 3.111 pagantes | Renda: R$ 33.900,00

Voltar