fbpx
Futebol

XV estreia com vitória na Série D do Brasileiro

Romarinho marcou o único gol da partida no estádio Barão da Serra Negra

XV de Piracicaba x São Paulo-RS - Campeonato Brasileiro Série D
Romarinho foi o autor do gol que deu a vitória ao XV de Piracicaba na estreia (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

Debaixo de chuva e em jogo com nove cartões amarelos, o XV de Piracicaba estreou na Série D do Campeonato Brasileiro com vitória importante sobre o São Paulo-RS por 1×0. O único gol da partida disputada neste domingo (21) no estádio Barão da Serra Negra foi anotado pelo meia-atacante Romarinho, aos 47min do primeiro tempo. Na etapa complementar, a equipe gaúcha pressionou pelo empate, mas não encontrou o gol defendido por Mateus Pasinato, que completou 100 jogos pelo time piracicabano. No próximo sábado (27), o Nhô Quim viaja para Santa Catarina e enfrenta o Brusque-SC, às 16h, pela segunda rodada do Grupo 15 da competição nacional.

No primeiro jogo sob o comando de Márcio Fernandes, o XV entrou em campo com seis jogadores que participaram da campanha realizada pelo Alvinegro na Série A2 do Campeonato Paulista. As novidades foram as presenças do zagueiro Vinicius Simon e do improvisado lateral-esquerdo Caíque na linha defensiva; de Robston e Léo Carvalho no meio de campo; e de Frontini como homem de referência no ataque. A iniciativa, entretanto, foi da equipe gaúcha: antes do relógio completar um minuto, Neílson desviou a bola e deixou Fred em condições de finalizar, mas Mateus Pasinato evitou o gol.

XV de Piracicaba x São Paulo-RS - Campeonato Brasileiro Série D

O XV de Piracicaba estreou o terceiro uniforme contra o São Paulo-RS (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

O time piracicabano demorou dez minutos para entrar no jogo, mas acordou após lance individual de Léo Carvalho, lateral-esquerdo de origem, improvisado no meio-campo neste domingo. Com a bola dominada antes da intermediária, Léo Carvalho imprimiu velocidade, aplicou drible desconcertante sobre Cleylton e encheu o pé, mas a bola explodiu na trave do goleiro Deivity. O equilíbrio deixou o duelo mais truncado e ríspido em alguns momentos: foram quatro cartões amarelos em 15 minutos. E quando parecia que o primeiro tempo acabaria em branco, Romarinho abriu o placar: aos 47min, o atacante recebeu passe de Gilsinho, invadiu a área e venceu Deivity: 1×0.

O gol mudou o panorama do jogo para o segundo tempo. Aos 6min, Léo Carvalho apareceu bem novamente e serviu Frontini, que teve a chance para ampliar. O atacante concluiu no canto esquerdo de Deivity e acertou a trave antes de a bola sair pela linha de fundo. Márcio Fernandes esperou dez minutos para mexer: o treinador recuou o XV com o volante Bruno Formigoni no lugar do meia Gilsinho. A substituição atraiu o São Paulo-RS para o campo de ataque e, aos 22min, Fred arriscou da entrada da área e exigiu defesa complicada de Mateus Pasinato. Na sequência, Lucas Roggia testou o goleiro, que mais uma vez defendeu.

XV de Piracicaba x São Paulo-RS - Campeonato Brasileiro Série D

Apesar da chuva, quase 2.000 torcedores compareceram ao estádio (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

A segunda mudança no XV foi ofensiva: Robston deixou o campo para a entrada do atacante Washington Tito. A última mexida veio com Bruninho na vaga de Romarinho. Nos 15 minutos finais, o Nhô Quim se defendia e aguardava a possibilidade de contra-atacar, enquanto o time gaúcho se lançou ao ataque em busca do empate. O campo encharcado dificultava a criatividade. A melhor chance do São Paulo-RS ocorreu aos 36min, quando o zagueiro Vinicius Simon salvou o Alvinegro. Com Caíque vencido, Raphinha finalizou pelo alto sem chances para Mateus Pasinato, mas o camisa 3 usou a cabeça, evitou o gol em cima da linha e garantiu três pontos para o XV de Piracicaba.

FICHA TÉCNICA

Esporte Clube XV de Piracicaba

1  XV DE PIRACICABA

Mateus Pasinato; Zé Mateus, Vinicius Simon, Rodrigo e Caíque; Gilson, Robston (Washington Tito) e Gilsinho (Bruno Formigoni); Romarinho (Bruninho), Léo Carvalho e Frontini. Técnico: Márcio Fernandes

SÃO PAULO SPORT CLUB

0  SÃO PAULO-RS

Deivity; Bindé, Lacerda, Cleylton e Henrique; Tom (Raphinha), Roberto, Flávio Paulino e Júlio Abu; Fred e Neílson (Lucas Roggia e Carletti). Técnico: Márcio Nunes

Gol: Romarinho (XV) aos 47min/1ºT | Árbitro: Marco Aurelio Ferreira | Cartões amarelos: Caíque, Robston, Vinicius Simon, Frontini e Gilsinho (XV); Júlio Abu, Cleylton, Raphinha e Henrique (SPA) | Público: 1.862 pagantes | Renda: R$ 25.855,00

Voltar