fbpx

Líder Esportes

Futebol

XV encara Comercial em duelo especial para técnicos

Moisés começou a fazer história contra o rival; Fahel volta ao Barão da Serra Negra

Fahel Júnior, técnico do XV de Piracicaba
Fahel Júnior comandou o XV de Piracicaba na Copa Paulista de 2018 (Foto: Arquivo/Michel Lambstein)

Dono da segunda melhor campanha na classificação geral, o XV de Piracicaba vai enfrentar o Comercial nas quartas de final da Copa Paulista. A equipe de Ribeirão Preto, que ocupa a sétima colocação geral, faz o primeiro jogo em casa, sábado (5), às 17h, no estádio Palma Travassos. O duelo de volta será no Barão da Serra Negra, quarta-feira (9), às 15h, em Piracicaba. Além de Nhô Quim e Bafo, as quartas de final têm os confrontos entre Portuguesa e Água Santa, Marília e Ferroviária, e São Bernardo e Portuguesa Santista.

O duelo entre XV de Piracicaba e Comercial terá sabor especial para os dois treinadores. A rivalidade entre as duas equipes ‘explodiu’ em 2010, quando o time piracicabano, então comandado pelo ‘iniciante’ Moisés Egert, conquistou o acesso para a Série A2 do Campeonato Paulista, em pleno Palma Travassos, em jogo repleto de confusão – o Bafo teve um gol anulado nos minutos finais da partida, o que gerou revolta entre jogadores e torcedores. O empate por 0x0 deu a vaga ao XV.

“A primeira fase mostra apenas uma referência, mas não dá nenhum benefício prático. O Atibaia exigiu o nosso melhor. É um time muito bem montado, mas fizemos a leitura correta do jogo e tivemos poder de decisão. O fator mental é muito importante no mata-mata”, afirmou o técnico quinzista. “Nosso objetivo é o título. O XV vive um processo de reconstrução, dentro de uma realidade em que não é possível treinar tanto, mas as coisas estão acontecendo, houve um encaixe. Estamos no caminho certo, mas sempre com os pés no chão”, completou.

Moisés Egert, técnico do XV de Piracicaba

A primeira grande conquista da carreira de Moisés ocorreu contra o Comercial, em Ribeirão Preto

Já o técnico Fahel Júnior, atual comandante do Comercial, voltará ao Barão da Serra Negra pela primeira vez desde agosto de 2018, quando foi demitido do cargo de treinador do XV de Piracicaba. A saída de Fahel do Nhô Quim foi recheada de polêmica: além do mau futebol apresentado na Copa Paulista, o técnico caiu após ameaça contra o jornalista Leonardo Moniz, editor responsável pelo portal LÍDER. O episódio aconteceu quando ambos se encontraram por acaso em um estabelecimento na cidade.

Voltar