fbpx
Futebol

XV empata com Mirassol e perde a liderança

Bruninho e Rafael Gomes marcaram para Nhô Quim no Barão da Serra Negra

XV de Piracicaba 2x2 Mirassol - Copa Paulista
O cavalinho na torcida não foi suficiente para garantir a vitória alvinegra (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

XV de Piracicaba e Mirassol empataram por 2×2 nesta quarta-feira (30), no estádio Barão da Serra Negra, pela 11ª rodada da primeira fase da Copa Paulista. O Nhô Quim ficou duas vezes atrás no placar e reagiu com gols dos atacantes Bruninho e Rafael Gomes. Com o resultado, a equipe do técnico Evaristo Piza chegou aos 20 pontos e caiu para a segunda colocação do Grupo 1, atrás da Ferroviária, que tem 21. Na próxima rodada, o Alvinegro vai a Rio Claro, sábado (2), às 19h, para enfrentar o Velo Clube.

Desfalque contra o Noroeste, no último fim de semana, o lateral-direito Crystian foi a única novidade do time titular do Alvinegro para enfrentar o Mirassol. Danilo Melega, improvisado no setor contra a equipe de Bauru, iniciou o jogo como opção no banco de reservas. Líder e classificado para a segunda fase, o XV buscou o ataque no começo da partida, testando o goleiro Matheus Aurélio duas vezes em 15 minutos, com Rafael Gomes e Rafael Rosa, mas o camisa 1 foi seguro quando exigido. O ritmo imprimido pelo Nhô Quim foi diminuindo com o andar do relógio.

O Leão começou a gostar do jogo e deu o troco aos 21min, em finalização colocada de Lucas Rodrigues que o goleiro Mateus Pasinato espalmou para escanteio. Aos 33min, mais um susto: o lateral Rafael Santos cruzou rasteiro, Mateus Pasinato falhou ao cortar o lance e a bola ficou ‘pererecando’ quase em cima da lima. Samuel foi mais rápido que Jardisson e evitou o gol da equipe visitante. O tento do Mirassol estava maduro e veio aos 37min. Jardisson cruzou da direita e Luis Oyama apareceu livre de marcação para fuzilar: 1×0.

XV de Piracicaba 2x2 Mirassol - Copa Paulista

Após o gol, os jogadores do Mirassol provocaram o banco quinzista (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

Evaristo Piza mexeu duas vezes no intervalo. Léo Carvalho e Danilo Melega substituíram André Cunha e Crystian. O XV voltou mais ligado para o segundo tempo. Na primeira vez que tocou a bola, Léo Carvalho cobrou escanteio na cabeça do zagueiro Marcão, que escorou com perigo pela linha de fundo. Aos 9min, Rafael Gomes aproveitou cruzamento pela direita e acertou o travessão. Na sequência, Washington Tito teve que deixar o campo lesionado; Maikon Aquino entrou em seu lugar.

Aos 23min, o XV quase chegou ao empate em duas oportunidades, ambas com Bruninho. Na primeira, o atacante encobriu o goleiro Matheus Aurélio, que havia saído mal do gol, mas o zagueiro Danilo salvou em cima da linha; na segunda, o camisa 11 emendou um voleio após lançamento de Maikon Aquino e a bola parou mais uma vez no travessão. Na terceira vez que finalizou, Bruninho desencantou. Aos 27min, Rafael Rosa cobrou falta e o atacante empurrou para a rede: 1×1. A resposta do Mirassol, porém, foi fatal. Aos 33min, Rafael Santos levantou a bola para a área, Matheus Felipe ajeitou e Danilo guardou: 2×1.

Na comemoração, os jogadores do Leão provocaram o banco de reservas do XV, o que gerou uma pequena confusão no gramado. O jogo ficou aberto e na base da pressão, o Nhô Quim igualou o marcador mais uma vez. Samuel cobrou lateral para a área, a zaga do Mirassol se atrapalhou e o centroavante Rafael Gomes foi mais esperto que o goleiro. No leve desvio, o camisa 9 deixou tudo empatado: 2×2. Os minutos finais tiveram intensidade, mas faltou criatividade para que alguma equipe saísse de campo com os três pontos.

XV de Piracicaba 2x2 Mirassol - Copa Paulista

O atacante Rafael Gomes marcou o segundo gol do XV de Piracicaba (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

FICHA TÉCNICA

Esporte Clube XV de Piracicaba2   XV DE PIRACICABA

Mateus Pasinato; Crystian (Danilo Melega), Hugo, Marcão e Samuel; Bruno Formigoni, Rafael Rosa e André Cunha (Léo Carvalho); Washington Tito, Bruninho e Rafael Gomes. Técnico: Evaristo Piza

MIRASSOL FUTEBOL CLUBE

2   MIRASSOL

Matheus Aurélio; Douglas, Danilo, Matheus Felipe e Rafael Santos; Guilherme Castilho, Jardisson (João Guilherme), Luis Oyama e Matheus Gabriel (Matheus Bernardo); Lucas Rodrigues (Alison) e Kayron. Técnico: Moisés Egert

Gols: Luis Oyama (MIR) aos 37min/1ºT; Bruninho (XV) aos 27min, Danilo (MIR) aos 33min e Rafael Gomes (XV) aos 39min/2ºT | Árbitro: Rodrigo Batista da Silva | Cartões amarelos:  Crystian, Marcão, Samuel, Rafael Rosa e André Cunha (XV); Jardisson e Luis Oyama (MIR) | Público: 1.809 pagantes | Renda: R$ 12.790,00

Voltar