fbpx
Futsal

XV e Pinhal iniciam decisão nesta sexta-feira

Final da Liga começa no Ginásio de Esportes do Prezotto, em Piracicaba

*Capa: Adilson Zavarize/Buskaki News

XV de Piracicaba/Rezende/Selam e Pinhal Futsal iniciam nesta sexta-feira (18) a decisão do título da Liga Rioclarense de futsal feminino. O primeiro jogo entre as duas equipes foi confirmado para as 20h30, no Ginásio de Esportes do Parque Prezotto, em Piracicaba. O duelo de volta acontece na sexta-feira (25) seguinte, no mesmo horário, em Espírito Santo do Pinhal. Na primeira fase, foram dois confrontos entre os finalistas, com uma vitória para cada lado e pelo mesmo placar: 2×0.

Dono da melhor campanha na competição, o Pinhal Futsal entra com vantagem na decisão. De acordo com o regulamento, o time pinhalense seria campeão com três empates: dois no tempo regulamentar e a terceira igualdade na prorrogação. O saldo de gols não é critério de desempate, ou seja, uma vitória para cada lado, independente do placar, forçaria o tempo extra, quando o Pinhal Futsal jogaria novamente pelo resultado igual. Ao XV/Rezende, fica a obrigação de vencer o adversário para conquistar o título.

CAMPANHA

XV/Rezende e Pinhal Futsal fizeram 12 jogos na competição e perderam apenas uma vez, no confronto direto entre eles. O Alvinegro tem a melhor defesa da Liga Rioclarense, venceu oito partidas e empatou três. O adversário soma 11 triunfos e detém o ataque mais eficiente do campeonato. “Vamos enfrentar uma grande equipe na final. Creio que serão dois grandes jogos. Esperamos a presença da nossa torcida para nos dar uma força de tentar reverter a vantagem de Pinhal, que joga pelos empates”, disse o técnico Aílton Vieira.

O time piracicabano é composto pelas atletas Analu, Bruninha, Daiane, Ellen, Janaína, Jaqueline, Jéssica, Kerolen, Larissa, Letícia Farias, Letícia Galvão, Lorrany, Lyandra e Nayara. A artilheira do Nhô Quim é Lyandra, com seis gols marcados. A campanha atual é a melhor da história do XV/Rezende na competição rioclarense. Em 2016, a equipe alvinegra havia chegado às quartas de final, mas acabou eliminado pelo Grêmio São Paulo em confronto cercado de polêmicas na arbitragem.

Voltar