fbpx

Líder Esportes

Futebol

XV e Oeste fazem jogo truncado e não saem do zero

Duelo com pouca criatividade acaba sem gols; Alvinegro acumula 9 partidas sem vencer

XV de Piracicaba x Oeste - Campeonato Paulista Série A2 2021 - Quartas de final - Jogo 1
As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima sexta-feira (21), em Barueri (Foto: Michel Lambstein)

Em mais uma partida de futebol com pouco conteúdo, XV de Piracicaba e Oeste passaram em branco na noite desta terça-feira (18) e empataram sem gols no jogo de ida das quartas de final do Campeonato Paulista da Série A2, no Estádio Municipal Barão da Serra Negra. A partida de volta está marcada para a próxima sexta-feira (21), às 21h30, na Arena Barueri. O vencedor do duelo avança para as semifinais do Estadual. Em caso de um novo empate, a vaga será decidida nos pênaltis.

Alvinegro decidirá a vaga para as semifinais do Estadual fora de casa (Foto: Michel Lambstein)

ESCALAÇÃO

O técnico Moisés Egert teve duas novidades à disposição: o meia-atacante Alisson Taddei, que estava no Aparecidense-GO, e o atacante Juliano, que vestia a camisa do São José-RS. Os dois reforços foram anunciados pelo XV na última segunda-feira (17) e já foram titulares contra o Oeste. O treinador colocou em campo: Matheus Nogueira; Cleiton Savedra, Renan Dutra, Maurício Ramos e Ronaell; Felipe Manoel, Baraka e Mazinho; Juliano, Alisson Taddei e Érison. A primeira mudança no Nhô Quim aconteceu aos 29min do segundo tempo: Matheus Lagoa entrou no lugar de Juliano. Aos 36min, Guilherme Garré ocupou a vaga de Alisson Taddei. Nas duas últimas mexidas, Tito e Léo Duarte substituíram Érison e Mazinho, respectivamente.

RESUMO

Sem vencer há oito partidas e cobrado pela torcida, o XV tomou um susto logo no primeiro minuto jogo. Após cobrança de escanteio de Davi, Zeca cabeceou com firmeza e Matheus Nogueira fez boa defesa para evitar que os visitantes abrissem o placar. O Nhô Quim mostrou vontade, mas faltou eficiência na criação das jogadas. O chute mais ‘perigoso’ aconteceu aos 23min: Juliano arriscou da intermediária e Rodolfo defendeu sem dar rebote. A primeira etapa foi truncada, com muitas faltas e chutões, e poucas oportunidades de gol.

Nos primeiros nove minutos do segundo tempo, o XV ficou recuado e o Oeste permaneceu mais tempo com a bola, mas sem assustar. Aos 10min, o time piracicabano chegou pela primeira vez. Érison trocou passes com Mazinho na entrada da área, porém o camisa 10 isolou o chute. Aos 14min, em cobrança de falta pelo lado direito, Vitor mandou com força direto para o gol e parou na defesa de Matheus Nogueira. A melhor oportunidade do XV veio só aos 44min. Léo Duarte cruzou e Matheus Lagoa cabeceou no canto esquerdo do goleiro, que conseguiu desviar para fora. Nos acréscimos, Garré ainda cobrou escanteio com perigo e quase fez o gol olímpico, mas Rodolfo defendeu novamente e evitou a vitória alvinegra.

Voltar