fbpx
Futebol

XV e Mirassol terá promoção Futebol Sustentável

No total, serão 3.000 ingressos trocados por garrafas pet a partir desta terça-feira (17)

Lucélia Lemes, Arnaldo Bortoletto e Edivaldo Ferraz: coletiva sobre o programa Futebol Sustentável (Foto: Vitor Prates)

Válido pela última rodada da segunda fase da Copa Paulista, o jogo entre XV de Piracicaba e Mirassol, marcado para o próximo sábado (21), às 15h, no Barão da Serra Negra, terá a promoção Futebol Sustentável, programa da FPF (Federação Paulista de Futebol) que permite a troca de duas garrafas pet de qualquer espécie e tamanho por um ingresso. No total, serão 3.000 bilhetes disponibilizados para a troca, que podem ser feitas a partir desta terça-feira (17), das 9h às 17h30, na bilheteria do portão 2, ao lado da loja XV Mania.

As trocas prosseguem no mesmo horário na quarta (18), quinta (19) e sexta-feira (20), enquanto durarem os ingressos. A entrada dos torcedores que adquirirem ao programa será exclusiva para o setor Vermelho (portão 4, rua Moraes Barros). Os demais ingressos serão comercializados na secretaria do clube (rua Silva Jardim, 849). Nos setores Preto (entrada pelo portão 1) e Branco (portão 6), os bilhetes custam R$ 20 (meia R$ 10), enquanto nos setores Azul (portão 2) e Verde (portão 3, visitante) as entradas inteiras têm o valor de R$ 30 (meia R$ 15). Nos demais pontos de venda (Rede Drogal Centro, Piracicamirim e Santa Teresinha), serão vendidos apenas bilhetes inteiros, com entradas pelos portões 2 e 6.

Em entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira (16), o presidente do XV, Arnaldo Bortoletto, destacou o programa. “É gratificante para o XV. Além de trazer mais torcedores ao campo, tem a questão da sustentabilidade, que é cada vez mais necessária em nossa sociedade. Toda empresa hoje tem que promover uma ação junto com a população. As pessoas ainda não têm a consciência de separar o lixo, com muita dificuldade separamos o plástico. Temos que criar esse tipo de conscientização”, afirmou.

Além de Bortoletto, participaram da coletiva Edivaldo Ferraz, diretor-presidente da empresa E&L Marketing Esportivo, parceira da FPF, e Lucélia Lemes, vice-presidente da cooperativa Reciclador Solidário. “Recolhemos quatro milhões de garrafas pet, atraindo um milhão e meio de torcedores. A ideia é levar a família ao estádio a custo zero, enquanto a FPF reembolsa o clube (R$ 5 por ingresso). Nós contribuímos com a cooperativa doando 100% das garrafas pet. Em Piracicaba, a expectativa é arrecadar entre 7 e 9 mil garrafas pet. Pedimos ao torcedor que apoie essa decisão inteligente do XV”, disse Ferraz.

‘MALANDRAGEM’

Ferraz também comentou sobre a revenda ‘irregular’ dos ingressos, que ocorre quando as pessoas trocam garrafas pet por bilhetes e os revendem nos arredores do estádio. A prática é habitual. “O programa não tem fins lucrativos, então não é justo que a alguém apareça no estádio com esse propósito. Nós vamos denunciar, é má intenção e o policiamento vai estar atento, pois o ingresso não pode ser vendido. A princípio, usando o bom senso, serão trocados no máximo cinco ingressos por pessoa”, completou Ferraz.

Voltar