fbpx

Líder Esportes

Futebol

XV desafia tabu para chegar às semifinais

Nhô Quim nunca venceu o Azulão, que perdeu só duas como visitante

Rodrigo, zagueiro do XV de Piracicaba
O zagueiro Rodrigo concedeu entrevista e falou sobre as dificuldades do confronto (Foto: Líder Esportes)

Para manter vivo o sonho de conquistar o bicampeonato da Copa Paulista, o XV de Piracicaba precisa vencer o São Caetano na próxima sexta-feira (27), às 20h, no Barão da Serra Negra. Por ter feito melhor campanha, uma vitória simples garante o Alvinegro na semifinal. Sem vencer há três jogos e com vários desfalques para a partida, o Nhô Quim terá que superar as adversidades e quebrar o tabu de nunca ter vencido o Azulão.

As duas equipes fizeram o primeiro duelo em 1994 e, de lá para cá, foram realizados 11 confrontos, com quatro vitórias da equipe do ABC e sete empates. “Nós temos a consciência da dificuldade para vencer a partida na próxima sexta-feira, mas sabemos que temos totais condições de ganhar pelo placar simples. Temos a obrigação e a consciência que precisamos fazer o dever de casa, assim como eles fizeram em São Caetano do Sul, para sairmos classificados”, disse o zagueiro Rodrigo.

CAMPANHA

Embora tenha iniciado a Copa Paulista com um bom retrospecto no estádio Barão da Serra Negra, vencendo os primeiros quatro jogos em Piracicaba, o Alvinegro passou a ter dificuldades nas partidas seguintes. Em nove jogos em casa pela competição, o Nhô Quim venceu cinco, empatou dois e perdeu outros dois, mantendo seu aproveitamento de pontos em 63%. Foram 15 gols marcados e nove sofridos em seus domínios.

Atuando na condição de visitante, o São Caetano foi derrotado em apenas duas oportunidades: 2×1 contra o Santos e 2×0 contra o Nacional. A equipe do ABC venceu quatro vezes fora de casa e ainda empatou outras quatro das dez partidas que disputou. O aproveitamento de pontos jogando fora do Anacleto Campanella é de 53,3%. Foram 14 gols marcados e 11 gols sofridos.

Voltar