fbpx
Futebol

XV de Piracicaba 2×1 Red Bull – Notas

Em sua primeira vitória no Campeonato Paulista, sobre o Red Bull, por 2×1, o XV de Piracicaba mostrou evolução no segundo tempo, tanto no aspecto coletivo como individual, e venceu de virada. O atacante Fabinho marcou os dois gols do Nhô Quim no estádio Barão da Serra Negra e assegurou seu lugar entre os titulares. Técnico interino da equipe no jogo deste sábado (20), Ronaldo Guiaro também se destacou com alterações que melhoraram o desempenho do time. Confira as notas do LÍDER:

Fabinho – Foi o melhor jogador do XV de Piracicaba em campo na vitória sobre o Red Bull. Deu um passe equivocado para Magal na jogada que originou o gol do adversário, mas inibiu o erro com dois gols marcados na segunda etapa. Também deixou Rivaldinho em clara condição de balançar a rede no primeiro tempo. Responsável pela bola parada, falhou na maioria das batidas, porém anotou seu segundo tento em bela cobrança de falta. (Nota: 7,5)

 

Bruno Brígido Foi atrapalhado pelo desvio de Heitor no gol do Red Bull. Mostrou-se seguro nas bolas aéreas (5,5)
Daniel Damião Não comprometeu na defesa e nem se destacou no apoio. (5)
Fábio Sanches Na jogada que originou o gol do Red Bull, perdeu a bola em uma dividida com Malyson. Teve dificuldade para marcar os atacantes. (4)
Heitor Atrapalhou-se em alguns lances. (4,5)
Lucas Pavone A maioria dos avanços do adversário aconteceu pelo seu setor. Por outro lado, ajudou os companheiros no ataque e quase balançou a rede em chute de fora da área. (5)
Magal Errou na saída de bola que resultou no gol do Red Bull. No primeiro tempo, mostrou lentidão. Melhorou na segunda etapa. (4,5)
Clayton Esforçou-se, marcou com qualidade e deu dinâmica ao meio de campo. (6,5)
Gilsinho Deu bons passes e se apresentou constantemente para o jogo. Caiu de produção no início da segunda etapa, antes de ser substituído por Patrick. (5,5)
Gerson Magrão Puxou a maioria dos ataques, mas não obteve sucesso nas tentativas de passe em profundidade. Também não deu qualidade ao toque de bola. (4,5)
Rivaldinho Perdeu uma chance clara de gol na única vez que levou vantagem sobre a defesa do Red Bull. (4)
Henrique Santos Na função de armador, deu velocidade aos ataques do Nhô Quim e presenteou Fabinho com uma assistência no primeiro gol marcado pelo atacante. (6,5)
Patrick Entrou bem e deu um ótimo passe que deixou Henrique Santos livre na jogada do primeiro gol. (6)
Léo Salino Entrou em campo para fortalecer a marcação e cumpriu seu papel. (5)
Ronaldo Guiaro Inicialmente, escalou o time no 4-4-2. Com o time atrás no placar, apostou em outras alternativas, que fizeram a equipe melhorar e virar o jogo. (7)
Voltar