fbpx
Futebol

XV de Piracicaba 1×2 Rio Claro – Notas

Na derrota por 2×1 para o Rio Claro, os erros de saída de bola foram cruciais para o XV de Piracicaba decepcionar sua torcida em pleno estádio Barão da Serra Negra e se manter sem vitórias no Campeonato Paulista. O Nhô Quim, por outro lado, anotou seu primeiro tento na competição. Autor do gol, o centroavante Rivaldinho contou com assistência do atacante Fabinho, que foi responsável pelas principais jogadas de ataque do Alvinegro no duelo desta quarta-feira (17). Confira as notas do LÍDER:

Fabinho – Foi o melhor jogador do XV de Piracicaba em campo na derrota para o Rio Claro. Chamou a responsabilidade, partiu para cima da marcação, finalizou a gol e deu assistência para o único tento anotado pelo Nhô Quim no Campeonato Paulista. Rende mais pelo lado esquerdo do que pelo direito, como foi no empate por 0x0 com o Mogi Mirim. (Nota: 7)

 

Bruno Brígido Não teve culpa nos gols e trabalhou pouco. (5)
Daniel Damião Atuou de maneira consistente, inclusive quando foi improvisado na lateral esquerda. (6)
Fábio Sanches Foi pego de surpresa na jogada dos dois gols. Quando exigido, não comprometeu. (5,5)
Heitor Também não influenciou em nenhum dos gols. Seguro, ganhou praticamente todas as disputas pelo alto (6)
Julinho Deu duas oportunidades ao Rio Claro em erros de saída de bola. Em uma delas, houve o primeiro gol. Também não acrescentou nas jogadas de ataque. (2)
Magal Tocou mal para Gerson Magrão no lance que originou o segundo gol e deixou o Rio Claro em condição de fazer o terceiro ao ser desarmado no campo de defesa. (3,5)
Léo Salino Restringiu-se à marcação. Não deu qualidade à saída de bola, tampouco ajudou no ataque. (4,5)
Henrique Santos Não foi efetivo enquanto jogou em sua posição. No segundo tempo, improvisado na lateral, colaborou com as jogadas pelo lado direito. (5)
Gerson Magrão No início, apresentou-se, deu bons passes e arriscou chutes. Porém, perdeu a bola que resultou no segundo gol e, depois, caiu de produção. (4,5)
Rodrigo Silva Teve uma chance de balançar a rede, mas finalizou sem força e facilitou a defesa do goleiro. Também não conseguiu se sobressair à marcação do Rio Claro. (4)
Rivaldinho Fez o único gol do XV no campeonato e mostrou boa movimentação. (6,5)
Diney Aberto pelo lado direito, centralizava para também dar opções pelo meio. Foi incisivo. (5,5)
Gilsinho Chamou a responsabilidade, deu bons passes e deixou Diney em boa condição de marcar. (6)
Claudinho Batista Fez apenas duas mudanças no time titular e insistiu no mesmo esquema, que novamente não obteve resultado. Os gols foram originados de erros individuais, mas o conjunto também não foi bem. (4)
Voltar