fbpx
Futebol

XV bobeia, pouco cria e só empata com São Carlos

Nhô Quim joga mal e tropeça em casa; duelo contra Penapolense vira 'decisão'

Rafael Gomes, atacante do XV de Piracicaba
Rafael Gomes foi oportunista para marcar o gol do XV de Piracicaba (Foto: Arquivo/Mauricio Bento/Líder Esportes)

Nas contas de Cléber Gaúcho, o XV de Piracicaba teria de encerrar o primeiro turno da segunda fase da Copa Paulista com sete pontos. Após o jogo desta quarta-feira (28), o treinador terá de refazer o cálculo. Jogando mal, o time piracicabano tropeçou em casa e empatou por 1×1 contra o São Carlos, chegando a dois pontos na terceira colocação do Grupo 5. Os visitantes abriram o placar no início da partida com Alexandre após falha de Lucas Cunha, mas Rafael Gomes deixou tudo igual antes do intervalo. O segundo tempo deu sono. No próximo sábado, o Alvinegro volta a jogar no Barão da Serra Negra, às 16h, contra o Penapolense de André Cunha.

O segundo tempo do jogo entre XV de Piracicaba e São Carlos foi catimbado e com raríssimas chances de gol

Qualquer que tenha sido o planejamento do técnico Cléber Gaúcho para enfrentar o São Carlos, ele foi por água abaixo aos 5min. O zagueiro Lucas Cunha dominou de canela e perdeu a bola no meio de campo; o atacante Elton aproveitou a defesa desarrumada para chegar à linha de fundo pelo lado esquerdo. Livre pela direita, Alexandre pediu o passe e recebeu na medida antes de estufar a rede: 1×0. O XV esboçou reagir aos 13min, quando Romarinho tabelou curto com Gilsinho e bateu de primeira, mas Tom voou e defendeu com estilo. Desligado, Lucas Cunha voltou a perder a bola no meio campo dois minutos depois e quase permitiu outro contra-ataque, mas Clayton evitou o pior – o camisa 8 deu uma bronca no zagueiro na sequência.

Cléber Gaúcho balançava a cabeça negativamente com o que via em campo quando Willian Dias quase ampliou a vantagem. O chute do atacante, defendido por Mateus Pasinato, foi a conclusão de uma jogada em que o ataque do São Carlos teve muito espaço para trabalhar – Elton tocou para Alexandre, que parou e pensou o lance antes de servir Willian Dias. O XV batia cabeças no setor defensivo. E o ataque? No ataque, o XV achou o empate aos 45min com o artilheiro Rafael Gomes. Depois de um bate-rebate na cruzamento de Zé Mateus, Rodrigo desviou de cabeça e a bola sobrou nos pés do atacante, que girou e bateu cruzado, inapelável para Tom: 1×1.

O gol antes do intervalo deixou o time piracicabano menos ansioso para o segundo tempo, porém, as dificuldades para criar persistiam. Gilsinho estava ausente e, reclamando de dores, foi substituído aos 17min por Barreto. Na sequência, Cléber Gaúcho mexeu no ataque e colocou Samoel Pizzi no lugar de Bruninho, apagado também. O São Carlos foi obrigado a trocar o goleiro quando Tom, lesionado, deixou o campo de maca para a entrada de Wander. Com a bola rolando, nada aconteceu nos 30 minutos. A última cartada do técnico do XV foi com Dairo no lugar de Rafael Gomes, cansado.

CATIMBA

Nos 15 minutos finais, o São Carlos repetiu o que fez durante a partida inteira: bola para a lateral e algum jogador se atirava no gramado para receber o atendimento médico – Tom, Vandinho e Diego Paulista aderiram à cera. O anti-jogo passou impune pela arbitragem de Anderson Faustino Cordeiro, que deu o primeiro cartão amarelo para os visitantes aos 44min, quando o ala Arnon retardou a cobrança de lateral. A verdade, porém, é que o Nhô Quim pouco fez para sair de campo com a vitória. As poucas chances que apareceram foram na base da força, quase sempre em cobranças de lateral de Samuel para a área, que não resultaram em absolutamente nada.

FICHA TÉCNICA

Esporte Clube XV de Piracicaba

1  XV DE PIRACICABA

Mateus Pasinato; Zé Mateus, Rodrigo, Lucas Cunha e Samuel; Maranhão, Clayton e Gilsinho (Barreto); Bruninho (Samoel Pizzi), Romarinho e Rafael Gomes (Dairo). Técnico: Cléber Gaúcho

1  SÃO CARLOS

Tom (Wander); Arnon, Pablo Ricardo, Samuel e Vandinho; Diogo, Renan Barcelos (Maycon), Diego Paulista (Marcos Nunes) e Alexandre; Elton e Willian Dias. Técnico: Rafael Guanaes

Gols: Alexandre (SCA) aos 5min e Rafael Gomes (XV) aos 45min/1ºT| Árbitro: Anderson Faustino Cordeiro | Cartões amarelos: Lucas Cunha e Samuel (XV); Arnon (SCA) | Público:  1.621 pagantes| Renda: R$ 11.340,00

Voltar