fbpx
Futebol

XV arranca empate em Bauru aos 52 do 2º tempo

Alvinegro faz partida irregular, mas mostra garra e consegue empate importante

Samuel, lateral-esquerdo do XV de Piracicaba
O lateral-esquerdo Samuel salvou o XV de Piracicaba em Bauru: gol e empate (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

O XV de Piracicaba conquistou um resultado importante nesta quarta-feira (8) ao empatar com o Noroeste por 1×1, em Bauru, pela segunda rodada da primeira fase da Copa Paulista. O time piracicabano perdia pela contagem mínima até os 52min do segundo tempo, quando o lateral Samuel deixou tudo igual no Estádio Alfredo de Castilho. Com o ponto fora de casa, a equipe ocupa o terceiro lugar no Grupo 2. Na terceira rodada, o Alvinegro volta a atuar como visitante. O próximo desafio acontece sábado (11), contra o Desportivo Brasil, às 15h, no Estádio Municipal Ernesto Rocco, em Porto Feliz.

Duo Imóveis

Em Bauru, o técnico Fahel Júnior mexeu na equipe titular do XV. Danilo Melega e Cassio Gabriel ocuparam as vagas do lateral Calebe e do centroavante Marcelo Fernandes. Com as mudanças, o meia Rafael Rosa foi deslocado para o ataque, ao lado de Romarinho e Welton Paragua, que atuou centralizado. O início de partida foi equilibrado, com poucas chances. Aos 23min, o Noroeste abriu o placar em chute de longa distância do meia Rogério Maranhão, que bateu no travessão antes de entrar. A bola desviou no volante Fraga e tirou o goleiro Leonardo do lance: 1×0.

Para piorar, o zagueiro João Santos deixou o campo lesionado com suspeita de ruptura do tendão de Aquiles, e foi substituído pelo volante Gabriel Tonini, improvisado no setor. Com o campo pesado devido à chuva que caiu em Bauru, o primeiro tempo não apresentou mais oportunidades. Na volta para a segunda etapa, Fahel Júnior promoveu a segunda alteração, com Agnaldo no lugar de Cassio Gabriel. A alternativa do XV era a bola aérea, mas Welton Paragua e Romarinho não concluíram bem os passes de Samuel.

Melhor que o adversário, o Nhô Quim quase empatou aos 17min, quando Romarinho acertou a trave. A última modificação no time piracicabano foi a entrada de Bruno Oliveira na vaga de Renan Zanelli. O XV atirou-se ao ataque. Nos acréscimos, houve polêmica. O árbitro Douglas Marques das Flores assinalou pênalti a favor do Alvinegro em cima de Fraga, mas o bandeira Jony Kamakura fez o juiz recuar. Aos 52min, veio o prêmio pela persistência: na entrada da área, Samuel arriscou a finalização e contou com um desvio para deixar tudo igual: 1×1. O empate manteve um tabu de 14 anos sem vitórias do Norusca contra o XV.

FICHA TÉCNICA

ESPORTE CLUBE NOROESTE

1   NOROESTE

Cairo; Pacheco, Jean Pierre, Júnior e Alex Cazumba; Alê, Gindre (Igor Pimenta), Rogério Maranhão e Oliveira; Daniel Bueno (Jhonny Neto) e Renatinho (Gabriel Esteves). Técnico: Betão Alcântara

Esporte Clube XV de Piracicaba

1   XV DE PIRACICABA

Leonardo; Danilo Melega, João Victor, João Santos (Gabriel Tonini) e Samuel; Fraga; Cassio Gabriel (Agnaldo) e Renan Zanelli (Bruno Oliveira); Romarinho, Welton Paragua e Rafael Rosa. Técnico: Fahel Júnior

Gols: Rogério Maranhão (NOR) aos 23min/1ºT; Samuel (XV) aos 52min/2ºT | Árbitro: Douglas Marques das Flores | Cartões amarelos: Jean Pierre e Rogério Maranhão (NOR) | Público: 581 pagantes | Renda: R$ 11.125,00

Voltar