fbpx
Futebol

XV apresenta gestor e anuncia reformulação

Diego Cope fala em elenco e treinador jovem; Rubens Carvalho é cedido

Diego Cope, gerente de futebol do XV de Piracicaba
O gestor Diego Cope foi apresentado nesta terça-feira no Barão da Serra Negra (Foto: Vitor Prates)

O XV de Piracicaba apresentou nesta terça-feira (12), no estádio Barão da Serra Negra, o novo gestor de futebol do clube. Trata-se de Diego Cope, de 33 anos, com passagens por SEV/Hortolândia, Bragantino e Desportivo Brasil, seu último clube. “Como qualquer menino, tentei jogar futebol, atuando em categorias de base. Depois, comecei a estudar e me formei na área de marketing, e posteriormente em gestão esportiva, gestão técnica no futebol, até conhecer o Brunoro (José Carlos, ex-diretor executivo do Palmeiras) quando eu ainda estava no SEV/Hortolândia, aonde comecei em meados de 2010, 2011”, disse Cope.

Duo Imóveis

Na coletiva de apresentação, o gestor contou sobre sua trajetória. “Depois, fui para o Bragantino, trabalhei como gerente da base por muito tempo, com resultados bem expressivos, até que o Brunoro me chamou para trabalhar no Desportivo Brasil. Lá, havia um planejamento muito bacana, muito sério, voltado para a gestão profissional, na qual eu acredito muito. Fiquei por lá até abril de 2018 e, após esse período, comecei a conversar para assumir o futebol profissional do XV de Piracicaba”, complementou.

O presidente do clube, Celso Christofoletti, e o vice, Ricardo Moura, esclareceram os termos da parceria com um grupo de investidores, após descartar três propostas oficiais. “A parceria que fechamos nos indicou o Diego Cope para trabalhar como gestor de futebol. Ela não é engessada e a gestão será do XV. Somos nós que vamos determinar a quantidade de jogadores que serão trazidos, algo em torno de 17 atletas, mas isso ainda será definido após contratar o treinador. Em consenso, vamos indicar jogadores à parceria e vice-versa, mas a decisão cabe a nós. Se não fechássemos o contrato, disputaríamos a Copa Paulista com o time sub-20”, afirmou Christofoletti.

“A parceria vai bancar salários, encargos, moradia e o XV não gastará nada, pois não temos para gastar. Não gastaremos nada além do que gastamos hoje, pois não temos orçamento. Por exemplo, nós temos contrato com o volante Fraga e, se ele não for emprestado, já temos esse custo. Não traremos custo adicional. A parceria não vai trazer jogadores sem expectativa de ir bem na Copa Paulista, pois eles estão investindo no clube e não vão jogar dinheiro no lixo. Os jogadores que chegarem estarão na vitrine da competição e há coisas internas, como um percentual que ficará para o clube, durante seis meses após o campeonato, dos jogadores que serão trazidos para fechar o elenco”, completou o presidente.

Revelado pelas categorias de base do XV, o lateral-esquerdo Rubens Carvalho foi emprestado por seis meses (com opção de renovação) para o Red Bull, onde disputará a Copa Paulista. Recentemente, o atleta estendeu vínculo com o Nhô Quim até 31 de dezembro de 2021. Os termos do contrato foram mantidos em sigilo pela diretoria. “Na semana passada, emprestamos o atleta para o Red Bull. Foi algo vantajoso para o XV. É claro que, como torcedor, eu não gostaria de vê-lo jogando contra nós logo no primeiro jogo, mas é preciso separar a paixão da razão, e procurar o que é melhor para o clube”, disse Christofoletti. Abaixo, trechos da entrevista de Diego Cope:

TREINADOR

“Temos trabalhado alguns nomes dentro de um perfil que eu gosto de trabalhar, mais jovem, bem instruído no futebol no que se diz respeito aos treinamentos, um treinador bem atualizado. Gosto de trabalhar com quem já trabalhei, não gosto de apostar, ainda mais por ser um novo clube, com um projeto bem diferenciado no que queremos alcançar. Temos alguns nomes, mas ainda não há nada fechado”.

ELENCO

“Esse é o nosso principal desafio. Por mais que tenhamos a parceria, temos uma folha bem enxuta. Nosso objetivo é conseguir empréstimos de jogadores a custo zero, mas sem perder a qualidade. A parceria vai bancar alguns jogadores, ainda não há um número determinado, mas são atletas com qualidade e condições de atuar no XV de Piracicaba. Estamos buscando. Será um elenco bem jovem, sendo que alguns atletas ainda estão em competição. Existem alguns nomes fechados, nesse perfil jovem, pois não gostamos de apostar em atletas que estão parados há muito tempo. Faremos uma mescla com jogadores mais rodados para segurar o rojão. O Samuel (lateral) e o Clayton (volante) foram nomes que chegaram para nós, mas ainda não chegamos a um acordo e não há nada definido”.

Voltar