fbpx
Opinião

Um novo time

*Capa: Ruben Fontes Neto/XV de Piracicaba

É claro que o técnico Roberto Cavalo não fez milagre em dois treinos, mas na partida desta quarta-feira (16), diante do São Bento, em Sorocaba, era nítida a vontade de vencer e a disposição dos jogadores do XV de Piracicaba. Mesmo depois de ter um atleta expulso, o time piracicabano lutou. E aí sim, o dedo do treinador apareceu, ao recompor o meio-campo, ao fazer duas linhas de quatro para deixar o Franklin isolado no ataque.

E foi dele o lance de pênalti, que culminou na virada quinzista por 2×1 contra o Bentão. Mas, além disso, a disposição da equipe foi outra, além de boas jogadas quando estava com a bola nos pés, situação difícil de acontecer com Luciano Dias. Esperamos por mais evolução. Uma troca de treinador, num primeiro momento, sempre traz um fôlego novo, ânimo renovado. Agora, vamos ver se a evolução se concretiza nas próximas rodadas.

O time é o sexto colocado, com uma campanha rigorosamente igual a do Velo Clube, com 12 pontos em sete partidas. São três vitórias (duas na sequência, três empates e apenas uma derrota). O primeiro objetivo é a classificação no G-8, o que, convenhamos, o XV não deve ter dificuldades para consegui-lo, porque as equipes que estão abaixo, com o perdão da palavra, são muito fracas tecnicamente.

O mais importante vem depois: o mata-mata na busca do acesso. Uma ascensão que não vem há seis anos. A torcida já está impaciente com essa demora. Acredito que, sob nova direção do Roberto Cavalo, essa possibilidade é muito plausível. Afinal, é um bom técnico e tem o espírito vencedor.

Erivan Monteiro é jornalista e cronista esportivo

Voltar