fbpx
Futebol

Tudo sobre o XV de Piracicaba na Copa Paulista

Perfil de atletas, treinador, estatísticas, análise, tabela e avaliação dos rivais

*Capa: Mauricio Bento/Líder Esportes

Campeão em 2016 e semifinalista em 2017, o XV de Piracicaba estreia na Copa Paulista 2018 neste sábado (4) com o objetivo de vencer a competição para voltar ao cenário nacional no próximo ano. O primeiro adversário será o Red Bull Brasil, às 16h, no Estádio Municipal Barão da Serra Negra. Reformulado após a perda do acesso na Série A2 do Campeonato Paulista contra o Guarani, no primeiro semestre, o Alvinegro trocou praticamente todo o plantel e contratou mais de 20 reforços para o torneio estadual.

Duo Imóveis

No comando, Fahel Júnior substitui Evaristo Piza, que não teve o contrato renovado após a Série A2. O departamento de futebol do XV de Piracicaba também sofreu mudanças: campeão em 2016, Beto Souza deixou o cargo de gestor de futebol do clube, que agora é ocupado por Diego Cope, profissional indicado pela parceria firmada pela diretoria com empresários. A parceria, aliás, será responsável por bancar salários, encargo e moradia da grande maioria dos atletas.

O ELENCO:

Luiz Fernando

Luiz Fernando

Goleiro
Dados Gerais

Posição: Goleiro

Idade: 30 anos

Altura: 1,86m

Último clube: Democrata-MG

Abre Aspas

“O XV é um clube ótimo para se trabalhar, espero ajudar ainda mais dentro de campo. O próximo objetivo com certeza é levar o título da Copa Paulista e conquistar a vaga no Brasileiro”.

 

Leonardo

Leonardo

Goleiro
Dados Gerais

Posição: Goleiro

Idade: 21 anos

Altura: 1,93m

Último clube: XV de Piracicaba

Abre Aspas

“A pré-temporada foi muito positiva para a gente, principalmente porque uma das coisas mais importantes na fase de preparação é o sistema defensivo. Estamos nos comportando muito bem”.

 

Alyson

Alyson

Goleiro
Dados Gerais

Posição: Goleiro

Idade: 21 anos

Altura: 1,94m

Último clube: Noroeste

Abre Aspas

“Já disputei a Copa Paulista pelo Bragantino, em 2016. É um campeonato bom, com muita visibilidade. Aqui no XV de Piracicaba o trabalho é muito bom, não deixa nada a desejar em relação aos lugares já trabalhei”.

 

 

Rander

Rander

Goleiro
Dados Gerais

Posição: Goleiro

Idade: 20 anos

Altura: 1,94m

Último clube: XV de Piracicaba

Calebe

Calebe

Lateral-Direito
Dados Gerais

Posição: Lateral-Direito

Idade: 21 anos

Altura: 1,80m

Último clube: Bragantino

Abre Aspas

“Todos sabem da vitrine que é a Copa Paulista, com jogos acirrados, clubes de Série A2. Em São Paulo, não importa o campeonato, pois todos conhecem a qualidade do futebol. São equipes de qualidade, que querem chegar e revelar jogadores”.

Mario Sérgio

Mario Sérgio

Lateral-Direito
Dados Gerais

Posição: Lateral-Direito

Idade: 26 anos

Altura: 1,75m

Último clube: Alvarenga-POR

Abre Aspas

“É bom para o treinador olhar para o banco e ver qualidade, sabendo que pode colocar qualquer um para jogar. Particularmente, estou aproveitando a oportunidade para tentar me firmar como titular e vou procurar trabalhar mais a cada dia para ficar no time”.

Lucas Morais

Lucas Morais

Lateral-Esquerdo
Dados Gerais

Posição: Lateral-Esquerdo

Idade: 23 anos

Altura: 1,84m

Último clube: Icasa-CE

Abre Aspas

“Venho de uma experiência muito boa e vinha atuando como titular na zaga. Foi um bom aprendizado e quero contribuir com o XV na disputada da Copa Paulista”.

Samuel

Samuel

Lateral-Esquerdo
Dados Gerais

Posição: Lateral-Esquerdo

Idade: 23 anos

Altura: 1,79m

Último clube: Mirassol

Abre Aspas

“Fiquei quase dois anos no XV, fui campeão em 2016, joguei Série A2 do Paulista, Série D do Brasileiro, depois cheguei novamente na semifinal da Copa Paulista. Ao sair, fui para o Nacional e Mirassol, onde joguei a Série D. Agora estou de volta e espero ter sucesso novamente. O torcedor pode esperar muita garra e vontade”.

Caio Souza

Caio Souza

Zagueiro
Dados Gerais

Posição: Zagueiro

Idade: 20 anos

Altura: 1,96m

Último clube: Bragantino

Abre Aspas

“Comecei o ano como sexto zagueiro no elenco profissional do Bragantino e acabei indo para um jogo da Copa do Brasil, mas não cheguei a entrar. Agora, venho para o XV com mais bagagem para ajudar o grupo”.

Hugo

Hugo

Zagueiro
Dados Gerais

Posição: Zagueiro

Idade: 23 anos

Altura: 1,75m

Último clube: Joseense

 

João Victor

João Victor

Zagueiro
Dados Gerais

Posição: Zagueiro

Idade: 26 anos

Altura: 1,89m

Último clube: Novorizontino

Abre Aspas

“Posso acrescentar bastante coisa, como os meus companheiros também podem. O Hugo é novo, mas também é experiente, e tem o Victor. Vamos nos ajudar e quem jogar estará bem preparado para dar o melhor para o XV”

Lucas Múfalo

Lucas Múfalo

Zagueiro
Dados Gerais

Posição: Zagueiro

Idade: 20 anos

Altura: 1,85m

Último clube: Bragantino

Abre Aspas

“Nós estamos começando a carreira agora e precisamos estar preparados para lidar com a pressão. Se não soubermos, aí é preciso desistir, pois não há motivos para continuar jogando bola. Temos que nos adaptar”.

Victor

Victor

Zagueiro
Dados Gerais

Posição: Zagueiro

Idade: 20 anos

Altura: 1,93m

Último clube: Internacional-RS

Abre Aspas

“Lutamos muito para ganhar uma oportunidade no futebol e ela apareceu aqui no XV. Não serão alguns comentários que vão tirar o nosso foco. Precisamos mostrar porque viemos”.

Fraga

Fraga

Volante
Dados Gerais

Posição: Volante

Idade: 21 anos

Altura: 1,78m

Último clube: XV de Piracicaba

 

Gabriel Tonini

Gabriel Tonini

Volante
Dados Gerais

Posição: Volante

Idade: 21 anos

Altura: 1,84m

Último clube: Caldense-MG

Abre Aspas

“Cheguei aqui em 2017 para um período de avaliações e precisei mostrar o meu trabalho. Consegui mostrar para a diretoria que tinha capacidade de estar aqui de novo, e por isso voltei”.

Guilherme Martins

Guilherme Martins

Volante
Dados Gerais

Posição: Volante

Idade: 19 anos

Altura: 1,82m

Último clube: Icasa-CE

Abre Aspas

“Venho de uma experiência boa, longe de casa, quando joguei no futebol cearense, e agora volto mais experiente para São Paulo”.

João Santos

João Santos

Volante
Dados Gerais

Posição: Volante

Idade: 20 anos

Altura: 1,83m

Último clube: Caldense-MG

Abre Aspas

“Tenho uma boa marcação. Em Minas Gerais, fiz um trabalho de chegada na área e consegui jogar de segundo volante. Evoluí bastante e isso só agregou ao trabalho. É uma bagagem boa. Quero estar preparado, como um titular, pois se o treinador precisar de mim, poderei dar conta do recado”

Lucas Felipe

Lucas Felipe

Volante
Dados Gerais

Posição: Volante

Idade: 19 anos

Altura: 1,82m

Último clube: Bragantino

Abre Aspas

“É a minha primeira oportunidade como profissional e tenho sempre que estar bem preparado, pois a qualquer momento pode aparecer uma chance. A briga será acirrada pela posição e, a qualquer momento, pode aparecer uma chance”.

André Cunha

André Cunha

Meia
Dados Gerais

Posição: Meia

Idade: 39 anos

Altura: 1,79m

Último clube: Caldense-MG

Abre Aspas

“A minha expectativa é me recuperar para retornar o mais breve possível a fazer o que mais gosto, que é jogar futebol. Estou muito feliz com a renovação de contrato e não vejo a hora de voltar a defender a camisa do XV”.

Bruno Oliveira

Bruno Oliveira

Meia
Dados Gerais

Posição: Meia

Idade: 20 anos

Altura: 1,76m

Último clube: Bragantino

Abre Aspas

“O XV de Piracicaba é o meu primeiro clube como profissional. É óbvio que o treinador vai dar preferência para quem tem mais experiência, algo que é normal, mas estou à disposição dele e a qualquer momento estarei pronto”.

Bruno Moraes

Bruno Moraes

Meia
Dados Gerais

Posição: Meia

Idade: 19 anos

Altura: 1,70m

Último clube: Grêmio-RS

 

Rafael Mineiro

Rafael Mineiro

Meia
Dados Gerais

Posição: Meia

Idade: 26 anos

Altura: 1,76m

Último clube: São Gabriel-RS

 

Cássio Gabriel

Cássio Gabriel

Meia
Dados Gerais

Posição: Meia

Idade: 25 anos

Altura: 1,75m

Último clube: São Bento

 

Rafael Rosa

Rafael Rosa

Meia
Dados Gerais

Posição: Meia

Idade: 21 anos

Altura: 1,76m

Último clube: Taubaté

 

Renan Zanelli

Renan Zanelli

Meia
Dados Gerais

Posição: Meia

Idade: 26 anos

Altura: 1,80m

Último clube: Ourense-ESP

Abre Aspas

“Passei pelo futebol holandês e espanhol. Agora, espero ter sucesso no XV de Piracicaba e dar muitas alegrias ao torcedor. A briga por posição será sadia, quem entrar tem que dar conta do recado e, quem estiver fora, precisa estar preparado”.

Agnaldo

Agnaldo

Atacante
Dados Gerais

Posição: Atacante

Idade: 20 anos

Altura: 1,78m

Último clube: XV de Piracicaba

 

Danilo Melega

Danilo Melega

Atacante
Dados Gerais

Posição: Atacante

Idade: 24 anos

Altura: 1,76m

Último clube: Desportiva-ES

 

Kaio Lucas

Kaio Lucas

Atacante
Dados Gerais

Posição: Atacante

Idade: 20 anos

Altura: 1,86m

Último clube: Bragantino

Abre Aspas

“Será a minha primeira Copa Paulista. Estou com muita vontade de jogar e a primeira oportunidade que aparecer, vou fazer de tudo para agarrar”.

Marcelo Fernandes

Marcelo Fernandes

Atacante
Dados Gerais

Posição: Atacante

Idade: 27 anos

Altura: 1,93m

Último clube: ABC-RN

Abre Aspas

“Acho que todos os jogadores e esportistas vivem sob pressão. Somos cobrados pelo que fazemos e não fazemos. Estou com a cabeça tranquila quanto a isso, pois acredito no meu potencial e trabalho. Vim aqui para dar o meu máximo e espero contribuir com o que eu puder dentro de campo, ajudando os meus companheiros”.

Romarinho

Romarinho

Atacante
Dados Gerais

Posição: Atacante

Idade: 24 anos

Altura: 1,70m

Último clube: Água Santa

Abre Aspas

“Retornei porque o XV me contatou. É um clube que eu gosto, fiquei feliz por ter voltado. Já passei por aqui e estou acostumado com a pressão. A torcida pega no pé, mas isso não tem problema. Vamos fazer uma boa campanha”.

Welton Paragua

Welton Paragua

Atacante
Dados Gerais

Posição: Atacante

Idade: 20 anos

Altura: 1,75m

Último clube: Maringá-PR

Abre Aspas

“Eu jogo pelas pontas, de extremo, mas se o treinador me perguntar se eu posso jogar como 9, e vou dizer que sim. Estou à disposição para ajudar o XV de Piracicaba”.

William José

William José

Atacante
Dados Gerais

Posição: Atacante

Idade: 23 anos

Altura: 1,83m

Último clube: Icasa-CE

Abre Aspas

“Comecei a jogar com 16 anos, fiz um campeonato muito bom em Hortolândia e acertei com o Grêmio. Foi algo que eu não esperava que fosse acontecer tão rápido, pois aos 17 anos já estava lá. Cheguei a treinar com o time profissional e foi uma aprendizagem muito boa. Quando voltei, estava mais maduro e com uma cabeça melhor”.

O elenco quinzista é renovado, mas o torcedor encontrará rostos conhecidos como o volante Fraga e o atacante Danilo Melega, remanescentes da Série A2, além do lateral Samuel Balbino e o atacante Romarinho, campeões da Copa Paulista há duas temporadas. A principal referência, entretanto, continua sendo o experiente meia André Cunha, ídolo do clube que se recupera de lesão e deve voltar aos gramados apenas na segunda fase, caso o Nhô Quim conquiste a classificação.

O COMANDANTE

Fahel Júnior, treinador do XV de Piracicaba

Aos 54 anos, Fahel Júnior vai comandar o XV de Piracicaba pela primeira vez. Na Copa Paulista, ele terá a missão de conduzir a equipe rumo ao bicampeonato. A chegada ao Barão da Serra Negra acontece após dirigir o Rio Claro. Experiente, o técnico tentará o segundo título da carreira dez anos após levar o  Santo André para a elite do futebol estadual com o título e o acesso na Série A2. “Sei da importância da camisa e do XV de Piracicaba no cenário paulista e nacional. Quando a minha contratação foi anunciada, meu telefone não parou mais. Muitas pessoas ligaram para me dar os parabéns e também atletas se colocaram à disposição para vestir essa camisa. Estou muito feliz em estar aqui”.

 

***

ANÁLISE | MARCELO SÁ

Marcelo Sá, repórter

Vi três dos quatro amistosos que o XV de Piracicaba realizou na fase de preparação para a Copa Paulista e dá para ter uma noção sobre o elenco montado pelo clube e a parceria. É importante ressaltar que alguns atletas ainda não estão no melhor momento quanto à parte física. A análise que faço, ainda que prematura, pois jogos-treinos não valem três pontos, é que o Alvinegro tem um time titular razoável, competitivo, e que pode evoluir para bom com a sequência do campeonato. Porém, quando o assunto é elenco, o material humano que o treinador tem à disposição é limitado, o que deve acarretar problemas quando for necessário mudar a equipe.

No plantel, há muitas apostas: atletas que possuem qualidade, ainda estão sendo lapidados e precisam ganhar mais experiência. Essa é a parte que cabe ao XV, responsável por dar a oportunidade. São jogadores em fase de transição da base para o profissional. Nem todos terão sucesso, o que é natural. Há ainda atletas que, sinceramente, no máximo, vão compor elenco até o final da carreira. Com dinheiro limitado, coube ao clube acertar uma parceria, que também precisa ter vantagem. Justo, pois não veio a Piracicaba para rasgar dinheiro. Parceria não é caso de amor, como o do torcedor que sofre com os resultados ruins. É negócio.

Em relação ao time titular que vi nos jogos-treinos, percebi que o técnico Fahel Júnior, como havia dito em sua apresentação, montou a equipe de forma ofensiva, com dois atacantes abertos e um centralizado. O Nhô Quim não marcou nenhum gol, mas criou bastante. É mais fácil corrigir a falta de pontaria do que a falta de criação. Basta lembrar a Série A2 de 2018. O goleiro, Leonardo, não foi tão exigido. A dupla de zaga titular (João Victor e Hugo) não inventa, faz o arroz com feijão, desarma e solta a bola. Fiquei com a impressão de certa timidez nas laterais para descer ao ataque, não sei se a pedido do treinador ou em decorrência da fase de preparação, com treinamentos mais intensos.

Na direita, seja com Mário Sérgio ou Calebe, ainda não vi uma evolução e, por enquanto, continuo achando o atacante Danilo Melega, que jogou a Série A2 na função, a melhor opção. Na esquerda, com Samuel, o Alvinegro está bem servido. O meio-campo é o ponto forte da equipe. Fraga é bom marcador, mas as características ofensivas do time podem deixá-lo sobrecarregado. Rafael Rosa e Renan Zanelli dão conta do recado na armação. O ataque está devendo, mas também é preciso levar em consideração alguns fatores. Cada um dos quatro jogos-treinos contou com um atacante centralizado diferente. Marcelo Fernandes, contratado para ser o homem-gol, ainda não treinou com os titulares. Romarinho foi quem teve o melhor desempenho.

O XV de Piracicaba terá de dar um passo de cada vez na Copa Paulista. No momento, o foco deve ser apenas a classificação para a segunda fase. Mesmo em um grupo mais complicado, com Red Bull e Desportivo Brasil sem problemas quando o assunto é investimento, Ferroviária e Inter de Limeira, atual campeã e vice-campeã, respectivamente, vejo o XV em condições de brigar por uma das quatro vagas. Depois, o clube terá chances de trocar peças e reforçar o elenco para chegar com força na reta final da competição.

*Marcelo Sá é jornalista no Líder Esportes e na Rádio Jovem Pan News Piracicaba

***

TABELA

A Copa Paulista 2018, que contará com 27 participantes divididos em quatro chaves, tem início nesta sexta-feira (3) e términa no dia 2 de dezembro. Na primeira fase, as equipes se enfrentam nos grupos (turno e returno), avançando para segunda etapa os quatro melhores classificados. Os 16 clubes remanescentes serão separados novamente em quatro grupos com quatro times cada, e se enfrentarão mais uma vez em turno e returno, com os dois melhores colocados seguindo para as quartas de final. As partidas do mata-mata serão sempre decididas em dois jogos e, havendo igualdade na soma dos placares, o confronto será definido em cobranças de pênaltis. O clube com melhor campanha na somatória das fases terá o direito de disputar a volta em casa. O campeão poderá escolher entre uma vaga para a Série D do Campeonato Brasileiro ou para a Copa do Brasil, competições que serão disputadas em 2019. O vice-campeão ficará com a vaga remanescente. Confira a tabela do XV de Piracicaba na primeira fase:Copa Paulista 2018 - Tabela 1ª FaseADVERSÁRIOS

Desportivo Brasil, Ferroviária, Inter de Limeira, Noroeste, Red Bull e Rio Claro serão os adversários que o XV de Piracicaba irá encontrar na primeira fase da Copa Paulista. LÍDER perguntou aos jornalistas que acompanham o dia a dia dos rivais do Nhô Quim por uma das quatro vagas no Grupo 2: como foram montados os elencos e o que buscam as equipes na etapa inicial da competição estadual? Confira!

Desportivo Brasil | Emílio Botta, GloboEsporte.com e TV TEM

DESPORTIVO BRASIL“Eliminado nas quartas de final da Série A3 do Campeonato Paulista deste ano, o time de Porto Feliz entra na competição pensando passo a passo. Com apenas quatro remanescentes do primeiro semestre, o DB terá um time mesclado com jovens da base. A meta é começar a montar uma base para a disputa da Série A3 do próximo ano. O time será comandado por Edson Paulista, treinador na Copa São Paulo deste ano e que tem grande conhecimento dos nomes da base que podem ser aproveitados”.

Ferroviária | Marcos Chiocchini, Rádio Cultura

Associação Ferroviária de Esportes“Do time que se livrou do rebaixamento no Paulistão, foram muitas mudanças no elenco, com a saída de vários jogadores importantes. Após uma Série D muito ruim e sem vitória, a diretoria demitiu o técnico PC de Oliveira. Houve uma reformulação e o único reforço confirmado é o lateral-esquerdo Diogo Silvestre, revelado pelo São Paulo. O novo treinador é Vinicius Munhoz, ex-Inter de Santa Maria-RS, que ainda não definiu o time titular. A Ferroviária vai aproveitar meninos da base, como o Luiz Henrique, de apenas 19 anos, artilheiro da equipe na Copa São Paulo. Apesar das mudanças, o objetivo é defender o título conquistado em 2017”.

Inter de Limeira | Edmar Ferreira, Gazeta de Limeira e Rápido no Ar

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA INTERNACIONAL DE LIMEIRA“O torcedor espera que o Leão repita a campanha do ano passado, quando foi vice-campeão e garantiu uma vaga inédita na Copa do Brasil. Do elenco que disputou a última Série A2, Vinícius Pedalada e Tom foram para a Ferroviária e Malcoon para o América/MG. Em contrapartida chegaram o meia André Mocóca e os atacantes Paulinho e Leleco, que trabalharam com João Vallim no Velo Clube. No ano passado, a Inter fez uma campanha que beirou a perfeição. Foram 13 vitórias, oito empates e apenas três derrotas, todas elas fora de casa”.

Noroeste | Wagner Teodoro, Jornal da Cidade Bauru

ESPORTE CLUBE NOROESTE“O Noroeste vai para a disputa a Copa Paulista 2018 com a expectativa de ser um dos finalistas e garantir vaga na próxima edição da Série D do Campeonato Brasileiro ou da Copa do Brasil. O elenco base da Série A3 do Campeonato Paulista foi mantido e chegaram reforços para todos os setores. O elenco procura mesclar experiência e juventude, em fórmula considerada ideal pelo técnico Betão Alcântara, que trouxe jogadores de sua confiança e que já trabalharam com ele em acessos e títulos”.

Red Bull | Heitor Esmeriz, GloboEsporte.com

Red Bull Brasil“O RB Brasil aposta na manutenção da base do último Campeonato Paulista. O técnico Ricardo Catalá segue no comando do time, além de remanescentes como o goleiro Júlio César, o zagueiro Anderson Marques e o atacante Deivid. Entre os reforços, o mais conhecido está fora das quatro linhas, com a chegada do multi-campeão Moraci Sant’Anna para o cargo de auxiliar. Sem calendário nacional neste segundo semestre, o Toro Loko vê na Copa Paulista a única chance de garantir vaga para a Série D do próximo ano”.

Rio Claro | Leonardo Bauer, Jornal Cidade de Rio Claro

Rio Claro Futebol Clube“Com pouco investimento e menos de um mês de treinamentos para a Copa Paulista, o Rio Claro aposta em um treinador novo para a competição. O elenco é uma mescla de jovens atletas, jogadores da base e contratações pontuais de reforços mais experientes para dar sustentação ao time. O objetivo do Galo Azul é tentar montar uma base para a Série A2 do ano que vem, mas ir além da primeira fase na Copa Paulista também está nos planos do Rio Claro”.

***

HISTÓRICO

O XV de Piracicaba é o recordista em jogos, vitórias e gols marcados na história da Copa Paulista. Campeão em 2016 e semifinalista em 2013, 2014 e 2017, o Alvinegro entra na competição como candidato ao título em sua 16ª participação. Abaixo, o retrospecto histórico do Nhô Quim na Copa Paulista:

XV de Piracicaba - Histórico na Copa Paulista

XV de Piracicaba - Histórico na Copa Paulista

FONTE: FPF

***

*Edição: Diego Gonzalez Santillana | Texto: Leonardo Moniz

Voltar