fbpx
Futebol

Tarcísio Pugliese permanece no XV de Piracicaba

'Nós acertamos com ele', garante o presidente do Alvinegro, Arnaldo Bortoletto

Tarcísio Pugliese, técnico do XV de Piracicaba
Pugliese teve quase 60% de aproveitamento no Alvinegro Piracicabano (Foto: Arquivo/Líder Esportes)

Visando a disputa do Campeonato Paulista da Série A2, com início previsto para o dia 22 de janeiro, o XV de Piracicaba definiu a permanência do técnico Tarcísio Pugliese para comandar o Nhô Quim no Estadual, em 2020. Em entrevista concedida à Jovem Pan News, nesta terça-feira (19), o presidente do Alvinegro, Arnaldo Bortoletto, enalteceu o trabalho do treinador e confirmou a renovação do contrato. “Acabamos de acertar com ele. Faltavam alguns detalhes, pois não é apenas acertar o salário”, disse o dirigente.

“Temos outras condições, com regras que vamos implantar durante o ano. O Tarcísio (Pugliese) está aprovado, teve um índice muito bom de vitórias, não conseguiu o objetivo, mas quer sair de Piracicaba campeão”, ressaltou Bortoletto. No comando técnico do Nhô Quim, Pugliese obteve 21 vitórias, 14 empates e sofreu apenas dez derrotas em 45 jogos disputados, tendo 57,03% de aproveitamento de pontos. Sob o comando dele, a equipe marcou 66 gols e sofreu 47 na temporada 2019.

Na semana que antecedeu a final da Copa Paulista, Pugliese recebeu um convite para ser auxiliar técnico na próxima temporada de Tiago Nunes, novo treinador do Corinthians. Após a decisão contra o São Caetano, o comandante quinzista já havia sinalizado com a permanência. “Se eu fosse pensar só na questão financeira e profissional, eu iria para o Corinthians, mas não tem preço que pague você estar com o seu coração em paz, estar em um lugar que você gosta e faz o que você ama […] meu coração me pede para ficar em Piracicaba”, declarou Pugliese.

Com a definição do treinador, a diretoria quinzista continua com as tratativas para tentar renovar os contratos do goleiro Fábio, o volante Bruno Lima e o atacante Luizinho. Embora a negociação seja tratada como difícil, o clube piracicabano também quer a permanência do lateral-esquerdo Peri, o volante Wellington Simião e o atacante Misael. Formado nas categorias de base do Nhô Quim, o atacante Agnaldo não terá o contrato renovado e também deixa o clube.

NACIONAL

Vice-campeão da Copa Paulista, na próxima temporada o time piracicabano voltará a disputar a Copa do Brasil, após 29 anos. Em 1991, o Nhô Quim foi eliminado pelo Caxias-RS, ainda na primeira fase da competição nacional. O São Caetano, campeão da Copa Paulista, disputará a Série D do Campeonato Brasileiro. De acordo com o site ‘Globo Esporte’, a equipe do Grande ABC confirmou nesta terça-feira que irá disputar em 2020 a quarta divisão do futebol nacional.

Voltar