fbpx
Karatê

Superação: Natalia Brozulatto está de volta à seleção

Após gestação, atleta fecha ano na liderança do ranking nacional e representa país

Natalia Brozulatto está de volta à seleção brasileira: superação (Foto: Renato Aoki/Além do Kiai)

A karateca Natalia Brozulatto está de volta à seleção brasileira adulta. A atleta da equipe piracicabana Sport Way/Selam encerrou a temporada 2019 na liderança do ranking da CBK (Confederação Brasileira de Karatê), categoria -68 kg, e defenderá o país em 2020. O último compromisso da lutadora aconteceu no fim de semana, na Espanha, com a disputa da etapa de Madrid da Premier League, evento que integra a Liga Mundial de Karatê.

“Acredito que tudo acontece no tempo de Deus. Voltar para a seleção brasileira significa tanta coisa… O poder de superação de uma mulher, o poder que uma família tem, além de muita persistência, resiliência e superação. Significa que quando a gente quer, realmente a gente pode. O equilíbrio é fundamental. Tudo isso fez parte para eu me tornar uma pessoa mais forte”, falou Natalia, que passou por duas gestações nos últimos quatro anos.

Na capital espanhola, a medalha de ouro na categoria -68 kg ficou com Irina Zaretska, do Azerbaijão, que venceu na final a italiana Silva Semeraro, vice-campeã da etapa. O bronze foi dividido entre a ucraniana Halyna Melnyk e Elena Quirici, da Suíça. Natalia fez luta equilibrada, mas perdeu para Lamya Matoub, representante da Argélia, pelo placar de 2×0. Como a algoz não avançou para a disputa de medalhas, a piracicabana não chegou à repescagem. “A vitória não veio, mas acredito que fui competitiva, lutei bem”, avaliou.

RETROSPECTIVA

A temporada 2019 foi especial para a lutadora. Defendendo Piracicaba nos Jogos Abertos do Interior, em Marília, a karateca faturou duas medalhas de ouro nas categorias +60 kg e livre, contribuindo com o vice-campeonato geral feminino conquistado pela equipe na 83ª edição do evento. A atleta também sagrou-se campeã brasileira pela 12ª vez no mês de outubro, em Uberlândia (MG), e ainda garantiu a medalha de bronze na 28ª Copa Veneza, na Itália.

Voltar