fbpx
+ Esportes

Sport Way não terá continuidade nos projetos esportivos

Entidade faz balanço positivo do trabalho desenvolvido e aguarda retomada da parceria com a Selam

Diego Spigolon, técnico da seleção brasileira de karatê
Diego Spigolon destacou a competência nos serviços prestados pela Sport Way (Foto: Arquivo/Líder Esportes)

Com o anúncio feito pela Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras) na última quinta-feira (4), sobre o encerramento dos projetos aprovados em 2018 via chamamento público, a Associação Sport Way deixará de oferecer as modalidades de biribol, ginástica rítmica, karatê feminino, karatê masculino, judô feminino, tênis feminino e tênis masculino. Por conta da pandemia causada pela Covid-19, as atividades presenciais foram suspensas em março de 2020 – as aulas, entretanto, foram adaptadas e continuam sendo oferecidas virtualmente.

O prazo para a conclusão do trabalho é de 60 dias, conforme edital. As atividades, que atendem as determinações do Marco Regulatório (Lei Federal 13.019/2014), são oferecidas de forma gratuita para meninas e meninos a partir dos 7 anos de idade. As aulas de karatê terminam neste mês de fevereiro, enquanto as demais modalidades serão encerradas no final de março. Responsável técnico da Associação Sport Way, Diego Spigolon destacou o trabalho realizado desde o início do processo.

“Durante esse período de parceria, a Associação Sport Way mostrou competência nos serviços prestados, honrando os compromissos, realizando as aulas e seguindo tudo conforme foi solicitado pela Selam e pela Prefeitura de Piracicaba. Nós finalizamos esse momento com a consciência tranquila de que oferecemos o nosso melhor para a população piracicabana. Nós somos parceiros da Selam há muitos anos e só temos motivos para agradecer”, disse Spigolon.

RESULTADOS

Além da parte lúdica, os programas tinham como objetivos o rendimento e a competição. O karatê, por exemplo, representou Piracicaba nos Jogos Regionais e Abertos, garantindo uma série de medalhas e troféus para a cidade. “Ao longo dos últimos anos, os projetos contribuíram não só para a formação de crianças e jovens, mas também no alto rendimento, com a conquista de diversos títulos. Acreditamos que é uma pausa e que, em breve, estaremos novamente juntos nesta parceria com a Selam, a prefeitura e a população”, finalizou Spigolon, que também é coordenador técnico da seleção brasileira adulta feminina e masculina de karatê.

Voltar