fbpx
Corpo & Mente

Sobre a medicina esportiva

Corpo & Mente - Medicina Esportiva

Você já parou para pensar em como a prática de esportes e atividades físicas podem afetar a saúde? Os benefícios de uma vida ativa e hábitos saudáveis são de extrema importância, uma vez que o sedentarismo é uma condição que apresenta riscos para a saúde e pode desencadear algumas doenças. A medicina esportiva é a especialidade médica que pode ajudar nessa missão e, ao contrário do que é imaginado, não são apenas os atletas de alta performance que podem se beneficiar com ela.

“A medicina esportiva é uma especialidade médica que surgiu para avaliar o praticante de atividade física como um todo. Ela enxerga o indivíduo de forma global: coração, respiração, fisiologia, óssea e muscular. Diferente de um ortopedista ou de um cardiologista, por exemplo, que são focados em suas especialidades. O médico do esporte é apto e capacitado para avaliar o conjunto e oferecer o melhor condicionamento e atividade de acordo com a sua avaliação”, disse Karina Hatano, especialista em medicina esportiva do Hospital e Maternidade São Luiz Unidade São Caetano.

Segundo a médica, a área traz diversos benefícios, tanto para o atleta de alta performance, melhorando o rendimento e gerando resultados, como para as pessoas que recorrem ao esporte como uma alternativa para manter a boa forma física e fugir do sedentarismo. Estudos atuais revelam que praticar exercício regularmente – cinco vezes por semana ou 150 minutos em uma frequência moderada – pode ajudar na prevenção do câncer e melhorar o controle cardiovascular, minimizando a chance de ter pressão alta, colesterol alto e diabetes. Além disso, ajuda no controle de quem já sofre com essas doenças.

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), quase 40% dos brasileiros maiores de 15 anos pratica alguma atividade física. “É importante lembrar que exercício é remédio e tem dose e efeito colateral, assim como todos os outros medicamentos. Então, para as crianças, orientamos carga de treino para não machucar. Para adolescentes, orientamos os melhores exercícios para continuar crescendo, desenvolvendo, ganhando músculo. Já com os adultos, trabalhamos muito essa parte de prevenção de lesão e combate ao sedentarismo. A medicina esportiva atua com emagrecimento, saúde e com performance”, concluiu Karina.

Voltar