fbpx
Futebol

Saída de Moura inicia reformulação no futebol do XV

Alvinegro não se manifestou sobre desligamento do diretor; departamento deve ter mudanças

Ricardo Moura, vice-presidente do XV de Piracicaba
Ricardo Moura ocupou diferentes cargos na direção do XV de Piracicaba nos últimos 10 anos (Foto: Arquivo/Líder Esportes)

Ricardo Moura não é mais diretor de futebol do XV de Piracicaba. Após 10 anos no clube, o dirigente anunciou a saída no último domingo (3), em nota publicada nas redes sociais. Até o momento, o XV não se manifestou sobre o desligamento. O presidente Rodolfo Geraldi e o vice Arnaldo Bortoletto também não comentaram o caso. Moura é o primeiro cartola a deixar o Alvinegro após a eliminação vexatória na Série A2 do Campeonato Paulista, uma semana atrás, quando o Nhô Quim foi goleado no Barão da Serra Negra por 5×1 pelo São Bento. O executivo Marco Gama, o gerente Ramon Bisson e o supervisor Vitor Faustino, por enquanto, seguem no departamento de futebol.

“Mais um ciclo que se encerra na minha vida, foram 10 anos e três meses de alegrias, tristezas e aprendizados. Orgulhoso e honrado de fazer parte deste que aprendi a amar desde pequeno, agradeço pelas amizades que fiz, pois estas levarei para a vida, agradeço a Deus por ter me dado forças para suportar os momentos difíceis, agradeço a minha família por estar sempre ao meu lado, agradeço a grande nação quinzista pelo carinho e apoio que sempre tive e agradeço ao XV, responsável por esse amor que chega a ser doentio. Continuo um eterno apaixonado, volto para as arquibancadas, afinal, foi aonde tudo começou”, diz a nota de Moura.

ELENCO

Por enquanto, deixaram o time piracicabano 18 jogadores. São eles: os goleiros Paulo Vitor, Gabriel Coutinho e Renan Rocha, que havia sido contratado dias atrás e sequer vestiu a camisa alvinegra; os zagueiros Robson e Sandoval; os laterais Edivan, Kaike e Capa, que estreou pelo contra o time de Sorocaba, entrou no segundo tempo e foi expulso em menos de cinco minutos; os meias Adenilson, Felipe Tontini, Paraíba, Padu e Rondinelly; e os atacantes Carlos Alberto, Diego Cardoso, Diego Rosa e Lucas Silva. O lateral-direito Weriton renovou o contrato, mas foi emprestado ao Manaus-AM para a disputa da Série C do Brasileiro. Além deles, o atacante Franklin está no radar do Caxias-RS e também pode deixar o Nhô Quim.

Voltar