fbpx

Líder Esportes

Opinião

Quinzista no Barão. Que bom!

*Capa: Arquivo/Mauricio Bento

O torcedor é a alma do futebol. Sem ele em campo, falta um pedaço ao esporte mais popular do planeta. Por mais que o jogo seja bom, sem a alegria vinda das arquibancadas, o futebol não é a mesma coisa. Sem chance. O saudoso Vicente Matheus, para muitos o maior presidente da história do Corinthians, dizia que não tinha Timão em campo sem a Fiel na arquibancada.

Mas o velho Matheus não viveu para ver o ‘novo normal’ de nossos dias, com jogos sem o 12º jogador. A pandemia nos trouxe competições sem o brilho da torcida. Logicamente, foi muito bom seguir vendo a bola rolar neste ano, mesmo ainda que somente pela TV ou pelos mais diversos aplicativos disponíveis, mas tudo ficou meio que ‘água com açúcar’, ou seja, sem sabor algum.

Felizmente, depois de muita expectativa, o público já voltou no Brasileirão, na Copa do Brasil, na Libertadores. Agora será a vez da Copa Paulista. Beleza! Os oito classificados para as quartas de finais da competição terão a possibilidade de vender até 50% da carga máxima de seus estádios para contar com seus adeptos, segundo autorização do Governo do Estado de São Paulo, por meio de um decreto, e aval da FPF (Federação Paulista de Futebol) e os clubes envolvidos.

Isso é uma verdadeira bênção para XV de Piracicaba, São Caetano, Portuguesa, Votuporanguense, São Bernardo FC, EC São Bernardo, Noroeste e Botafogo, que terão a volta de seus torcedores. Partindo da premissa de que esses clubes já não lotariam seus estádios em condições normais, pois a Copa Paulista sempre foi assim (com exceção à final), colocar 50% de público nessa fase seria já um lucro tremendo.

No caso do XV, acredito que será uma ótima oportunidade para o seu apaixonado torcedor matar a saudade do Nhô Quim. O Alvinegro recebe o São Caetano no dia 26 de outubro, às 20h, quando esperamos pelo menos 1.500, 2.000 torcedores no Barão da Serra Negra. Antes, o jogo de ida será neste sábado (23), às 15h, no ABC. Vai ser apoteótico, emocionante.

Independente se o XV irá se classificar ou não, a volta do público é emblemática no sentido de que indica a volta à normalidade (ou quase isso). Em um momento no qual o futebol se tornou algo secundário, diante de tudo que ainda estamos passando, celebrar a vida no Barão da Serra Negra, no próximo dia 26, será um grande presente. Ainda mais com uma possível classificação do Alvinegro às semifinais da Copa Paulista. Aí seria surreal para o torcedor piracicabano!

Erivan Monteiro é jornalista e cronista esportiva

Voltar