fbpx
Futsal

Projeto oferece aulas gratuitas de futsal em Piracicaba

As aulas acontecem em três núcleos e visam desenvolvimento e rendimento no esporte

Caldeirão Futebol Clube - Futsal Masculino
O projeto de futsal desenvolvido pelo Caldeirão oferece aulas de futsal gratuitas (Foto: Líder Esportes)

Com o objetivo de proporcionar a prática esportiva para crianças e adolescentes, o projeto de futsal masculino do Caldeirão Futebol Clube, aprovado via chamamento público e realizado em parceria com a Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras), oferece em Piracicaba aulas gratuitas para meninos de 7 a 20 anos de idade. As atividades acontecem em três núcleos: Ginásio de Esportes do Parque Prezotto, Ginásio Municipal José de Oliveira Garcia Netto e bairro Jardim Tóquio.

“O trabalho é dividido em duas etapas: com os meninos mais novos, o trabalho de desenvolvimento é mais lúdico envolvendo a parte técnica do futsal por meio de brincadeiras; no trabalho focado para competição, é feita uma atividade mais tática. O nosso principal objetivo é tirar os meninos das ruas por meio do esporte e, assim, conseguir transformá-los em cidadãos do bem”, disse o coordenador do Caldeirão, Leandro Silva.

No miniginásio Garcia Netto, as aulas são conduzidas pelo professor João Salles e acontecem de segunda e sexta-feira, das 16h30 às 18h30, para meninos dos 7 aos 15 anos que estão em processo de formação. No horário das 19h às 20h30, os técnicos Felipe e Neno comandam o trabalho com os atletas que já estão em fase de competição (16 a 20 anos). Em 2020, o Caldeirão aguarda a confirmação da participação inédita no Campeonato Paulista Sub-20.

O Ginásio de Esportes do Parque Prezotto recebe as atividades de futsal às quintas-feiras, das 19h30 às 21h, para os meninos de 16 a 20 anos. No bairro Jardim Tóquio, as aulas são realizadas na quadra da Escola Municipal Wilson Guidotti, às segundas e sextas-feiras, em dois horários: no período da manhã, das 9h às 11h, e na parte da tarde, das 14h às 16h, para meninos com idade entre 7 e 20 anos.

Voltar