fbpx
Natação

Prefeitura assina com a Caixa para reconstruir complexo

Piscina Municipal passará por processo de reforma; contrato é de cerca de R$ 1,3 milhão

*Capa: Arquivo/Líder Esportes

O prefeito Barjas Negri (PSDB) assinou na última quinta-feira (4) o contrato de financiamento com a Caixa Econômica Federal para reconstrução do Complexo Aquático Dr. Samuel de Castro Neves, onde ficam as piscinas públicas da cidade. A ocasião reuniu o secretário de Esportes, Pedro Mello, e o gerente-executivo de filial da Caixa, Marco Antônio Capato. O contrato com a Spalla Engenheria Eireli, empresa vencedora do processo licitatório, será assinado nos próximos dias. O prazo de vigência é de 180 dias, contados a partir da data de emissão da Ordem de Serviço, podendo ser prorrogado. O valor é de cerca de R$ 1,3 milhão.

Inaugurado em 1976, o complexo aquático foi fechado em julho de 2018. O desgaste na estrutura e tubulações gerou vazamentos equivalentes a 125 mil litros por dia. Após mais de 40 anos de uso ininterrupto, o espaço teve de ser interditado, o que deixou cerca de 1.200 alunos por semana sem aulas de natação e hidroginástica no local. “A piscina municipal é um patrimônio do esporte da cidade e merece esse expressivo investimento”, disse o prefeito. “Teremos um complexo aquático moderno e que atenderá centenas de pessoas”, completou Pedro Mello.

PROJETO

O novo projeto para reconstrução do Complexo Aquático Dr. Samuel de Castro Neves contempla o aproveitamento da ‘caixa’ existente na piscina atual e na construção de uma piscina semiolímpica (25×25 m), que será utilizada para aulas de iniciação e treinamento de atletas, além de receber eventos. O projeto inclui também a construção de uma segunda piscina para atender as aulas de hidroginástica. Segundo a Selam, nos dias de competições, a piscina semiolímpica servirá de apoio e aquecimento aos competidores.

A reforma do complexo será complementada pela instalação de bancos em alvenaria e um espaço em forma de galeria técnica, para facilitar a vistoria e manutenção das novas piscinas. Todos os equipamentos – bombas, filtros e tubulações – serão novos. As piscinas serão preparadas para receber sistema de aquecimento da água e a prefeitura consertará ou substituirá, se necessário, o piso do entorno, além de reformar os vestiários superiores e as demais piscinas do local – adaptada e biribol.

Voltar