fbpx
Natação

Prefeito autoriza licitação para reconstrução da piscina municipal

Complexo Aquático está fechado desde julho de 2018; obra custará R$ 1,7 milhão

O Complexo Aquático Dr. Samuel de Castro Neves, enfim, será reformado (Foto: Selam/Divulgação)

O prefeito Barjas Negri autorizou na última sexta-feira (17) a abertura da licitação para a reconstrução do Complexo Aquático Dr. Samuel de Castro Neves. A obra tem custo estimado em R$ 1,7 milhão. O projeto contempla o aproveitamento da piscina atual e a construção de uma piscina semiolímpica, com 25×25 metros de dimensão. O novo espaço, que atenderá a demanda das aulas de iniciação e treinamento de atletas, além de receber eventos, terá custo de manutenção reduzido.

Segundo a Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras), mais uma piscina será construída para a realização das aulas de hidroginástica, especialmente com grupos da terceira idade. Nos dias de competições, a piscina semiolímpica também servirá de apoio e aquecimento aos atletas competidores. As obras incluem ainda a instalação de bancos em alvenaria e uma galeria técnica, espaço para facilitar a vistoria e manutenção das novas piscinas.

Os equipamentos – bombas, filtros e tubulações – serão totalmente novos e as piscinas serão preparadas para receber sistema de aquecimento da água. A Prefeitura de Piracicaba será responsável pelo reparo e substituição de pisos do entorno, reforma dos vestiários superiores e as piscinas adaptada e de biribol. “É importante recuperar equipamentos públicos […] A piscina municipal é um patrimônio do esporte da cidade e merece esse expressivo investimento”, afirmou o prefeito Barjas Negri.

O Complexo Aquático foi inaugurado em janeiro de 1976 e, durante mais de 40 anos, foi usado ininterruptamente, o que causou o desgaste de estrutura e tubulações, ocasionando vazamentos – de acordo com a Selam, os vazamentos eram equivalentes a 125 metros cúbicos por dia. O local era utilizado para a prática de aulas de natação e hidroginástica, recebendo cerca de 1.200 alunos por semana. Desde o mês de julho de 2018, porém, o espaço estava fechado.

Voltar