fbpx
Futebol

Piza faz 4 alterações para enfrentar a Lusa

Oziel, Pedrinho, Rafael Rosa e Maikon Aquino devem iniciar a partida

Pedrinho, lateral-esquerdo do XV de Piracicaba
O lateral canhoto Pedrinho volta ao time titular contra a Portuguesa, em São Paulo (Foto: Michel Lambstein)

Vivendo situações parecidas, sem vencer em casa, Portuguesa e XV de Piracicaba se enfrentam neste sábado (27), às 16h, no Canindé, em São Paulo, em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Paulista da Série A2. Na 15ª colocação com três pontos conquistados, o Nhô Quim, que segue na zona de rebaixamento devido aos critérios de desempate, busca uma vitória para tentar esquecer a goleada contra o Oeste, e diminuir a pressão sofrida no clube. A Lusa aparece na 11ª colocação, também com três pontos, e tenta a reabilitação diante do seu torcedor.

Em busca da vitória, o técnico Evaristo Piza deve promover quatro alterações na equipe titular. Nas laterais, Danilo Melega e Rubens Carvalho cedem as vagas para Oziel, na direita, e Pedrinho, na esquerda. O setor de criação terá a entrada de Rafael Rosa na vaga de Jonathan Costa, enquanto Léo Carvalho dará lugar para Maikon Aquino no ataque. O volante Gilson, em fase de transição do departamento médico para o campo, está fora da partida. Além dele, o atacante Bruninho, com uma fratura no pé direito, e o goleiro Rander, com uma luxação no ombro direito, também são desfalques.

O volante Gilson, em fase de transição do departamento médico para o campo, está fora da partida

“Na questão defensiva, temos o Pedrinho, voltando do departamento médico, e o Oziel, que dão mais experiência no setor. O Rubens Carvalho mostrou muita personalidade e fez bons jogos. A partida agora é fora de casa, na característica que será o jogo, pensei na vivência do Pedrinho e Oziel, devido à experiência, um pouco mais de maturidade e uma marcação mais forte, fazendo bem o balanço das linhas. Vamos ganhar nesta questão. Não costumo fazer isso, dar explicações para jogadores após mexidas, mas conversei com o Danilo Melega e Rubens Carvalho, explicando que não saíram devido ao resultado e sim por uma estratégia de jogo. A confiança é a mesma e eles podem voltar em qualquer situação”, disse Evaristo Piza.

“Sobre o Maikon Aquino e o Rafael Rosa, estamos fazendo uma marcação forte, principalmente nos dois últimos jogos, ficando em uma linha baixa, porém, na hora de sair na transição ofensiva, na recuperação da posse de bola, estamos sem essa força para chegar. A característica deles é de sair muito forte. Vamos continuar estruturados, como foi contra o Juventus. Pedi também para aumentar nossa finalização, o Rosa tem isso. Espero que ele esteja em um dia bom, como no jogo-treino contra o Capivariano, que ele finalizou bastante e achou passes. O Maikon está sempre competindo, fez gols nos jogos-treinos, agride bem a bola aérea e tem um espírito aguerrido. As decisões que tomei são em prol do resultado para todos, especialmente para o grupo, que precisa dessa vitória”, completou o treinador.

O XV de Piracicaba deve entrar em campo com Samuel Pires; Oziel, Vinícius Simon, Jean Pablo e Pedrinho; Guly, Fraga e Rafael Rosa; Fabinho, Maikon Aquino e Everton.

Voltar