fbpx

Líder Esportes

Jiu-Jitsu

Piracicabano entra em reta final de recuperação

Guilherme Cardoso operou o menisco do joelho direito e já planeja retorno

Guilherme Cardoso, atleta de jiu-jitsu da Equipe Felipe Vidal
Guilherme Cardoso, atleta de jiu-jitsu da Equipe Felipe Vidal: promessa de Piracicaba (Foto: Líder Esportes)

Em reta final de recuperação após operar o menisco direito, Guilherme Cardoso não vê a hora de voltar a lutar. O atleta piracicabano, que em 2015 já havia sofrido com problemas no tornozelo esquerdo, operou o joelho após conseguir a medalha de bronze na Copa Afonso, disputada no início de abril, em Corumbataí. Antes, o lutador já havia sido campeão do Open Fight Festival, categoria -77 kg na competição submission – o evento aconteceu em Águas de São Pedro. No ano passado, Cardoso venceu cinco dos seis torneios que disputou.

“Foi uma cirurgia simples, deu tudo certo, não é nada que me preocupa para o futuro. Conversei com os médicos e devo parar um mês. É algo que vai ajudar bastante”, afirmou. Revelação do jiu-jitsu em Piracicaba, Cardoso estreou em 2016 em competições para atletas de faixa azul. Além do título em Corumbataí e do bronze em Águas de São Pedro, o representante da Equipe Felipe Vidal ainda conquistou outra façanha no primeiro semestre da nova graduação.

Na primeira competição em 2016, Guilherme Cardoso não conquistou o título da Copa Kings em nenhuma das duas categorias que disputou, mas saiu do Ginásio Municipal Waldemar Blatkauskas aplaudido. Na ocasião, o atleta foi eliminado nas quartas de final absoluto e perdeu a primeira luta entre os pesos leves (-76 kg faixa azul), mas foi protagonista de um dos combates mais emblemáticos da competição: após pesar 72 kg cravados, Guilherme derrotou Diego Silveira, lutador de 186 kg.

Voltar