fbpx
Karatê

Piracicaba se mantém como referência no esporte

Equipe local conquistou títulos importantes e deu início ao novo projeto social

Hernani Veríssimo, professor de karatê do projeto Karatê para Todos
Hernani Veríssimo participou do exame de graduação para alunos do Karatê para Todos (Foto: Líder Esportes)

Ano que começa, ano que acaba, e Piracicaba continua sendo referência no karatê nacional. Nome mais importante da equipe feminina, Natalia Brozulatto finalizou a temporada com dez títulos somados. O detalhe é que, em 2018, a lutadora passou por um período de gestação e teve apenas cinco meses para competir. A principal conquista foi o seu 11º Campeonato Brasileiro. O evento foi realizado em Contagem (MG) e terminou com uma vitória na final sobre Gabrielle Sepe, pelo placar de 2×0.

Em pouco menos de um semestre, a atual medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos, que representa o Exército Brasileiro, venceu oito competições nacionais (Jogos Regionais, Campeonato Brasileiro Zonal, Torneio Aberto de Pernambuco, Copa Joinville, Aberto da Paraíba, Copa Verdes Mares, Open Amapá e Campeonato Brasileiro Sênior), além do Aberto de Curaçao e o Torneio Internacional de Viena, realizados no exterior. A série de triunfos fez a lutadora fechar 2018 com a segunda colocação no ranking da categoria -68 kg.

Já o principal representante masculino da equipe Sport Way/Selam, Hernani Veríssimo, encerrou a temporada em fase de recuperação após sofrer uma lesão no joelho. Apesar do problema físico, o atleta teve motivos para comemorar em 2018. Bicampeão pan-americano, Hernani conquistou o título da Copa São Paulo de Karatê, com quatro vitórias que garantiram a medalha de ouro na categoria -75 kg. O foco do lutador em 2019 será a participação nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru.

Do ponto de vista coletivo, o karatê piracicabano confirmou o favoritismo nos Jogos Regionais e, apesar dos desfalques, ficou com o terceiro lugar na classificação geral dos Jogos Abertos do Interior (feminino e masculino). A cidade foi sede ainda para a preparação da seleção brasileira, às vésperas do 24º Campeonato Mundial Sênior, que aconteceu em Madrid, na Espanha. A programação foi coordenada pelo treinador do selecionado nacional, o piracicabano Diego Spigolon, e incluiu atividades físicas, táticas e técnicas, reunindo 12 karatecas.

PROJETO

O ano de 2018 também marcou o início do projeto Karatê para Todos, desenvolvido pela Associação Sport Way em parceria com a Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras), e que oferece aulas gratuitas da modalidade à população. As atividades são divididas em dois núcleos no Jardim Primavera (rua Cecílio Elias, 7) e no bairro Santa Rosa (rua Milton Teixeira de Sá, 250). O projeto foi aprovado via chamamento público e é financiado pela Prefeitura de Piracicaba, atendendo as determinações do Marco Regulatório (Lei Federal 13.019/2014).

As turmas são divididas por faixa etária, dos 7 aos 12 anos, e a partir de 13 anos de idade. Em novembro, foi realizado o primeiro exame de graduação para os alunos do programa, reunindo cerca de 30 graduandos. A programação contou com uma apresentação para os pais, prova escrita, aquecimento e avaliação física, além de provas práticas. “O trabalho está sendo prestado de forma gratuita para o cidadão piracicabano, com bastante qualidade e seriedade. Tenho conversado com alguns pais que também se mostraram felizes com o fato de seus filhos estarem evoluindo”, avaliou Spigolon.

Voltar