fbpx
Automobilismo

Piloto morre após disputar prova em Piracicaba

Marcos Nahur teria sofrido mal súbito após participar de corrida pela categoria Marcas & Pilotos

As corridas do último fim de semana foram suspensas após a confirmação da morte (Foto: Fernando Santos)

O piloto de corrida Marcos Nahur, de 56 anos, morreu no último sábado (30) após disputar a primeira bateria válida pela Marcas & Pilotos, no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo (ECPA). A causa da morte não foi divulgada pelo ECPA, que lamentou a notícia em nota oficial divulgada nas redes sociais. “É com muita tristeza que o ECPA manifesta pesar pelo falecimento do piloto Marcus Tadeu Maciel Nahur. Sempre com o seu sorriso, sua alegria nos contagiando por onde passava. Vamos sentir sua falta. Em meu nome e de toda família ECPA, nossos sinceros sentimentos a toda família e que Deus conforte o coração de todos”, diz o texto assinado pela empresária Daniella Giannetti.

Copa ECPA de Velocidade 2022 - Resultados Oficiais

LÍDER apurou que Marcos Nahur sofreu um mal súbito logo após disputar a primeira bateria da Marcas & Pilotos, quando conquistou a quarta colocação. De acordo com duas testemunhas, o piloto perdeu os sentidos e desmaiou quando caminhava pelo autódromo. Nahur teria sido reanimado pela equipe de emergência e chegou a ser levado para um hospital, onde morreu. A reportagem entrou em contato nesta terça-feira (3) com o ECPA. “No último sábado, Marcus Tadeu Maciel Nahur apresentou sintomas de uma síncope na área de BOX. Após o ocorrido, o piloto foi prontamente atendido pelos médicos plantonistas do ECPA (Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo) e encaminhado ao Hospital da Unimed onde deu entrada ao atendimento”, disse Daniella Giannetti, em nota.

Marcos Nahur, ex-piloto de Marcas e Pilotos

Nahur era figura querida no meio do automobilismo (Foto: Divulgação)

A confirmação da morte de Nahur cancelou as provas e os treinos que ainda não haviam sido disputados no último fim de semana, entre eles a segunda bateria da categoria Fórmula Vee. Na primeira corrida, vitória de André Suenaga, que também venceu na divisão Máster, para pilotos acima de 40 anos. Saulo Soares foi o segundo e José Arrais ficou em terceiro. Na estreia da divisão Light, para novatos, o triunfo ficou com Edson Schmidt Júnior. Fabio David garantiu a segunda posição e Guilherme Ribeiro finalizou com o terceiro lugar. A direção da Fórmula Vee também lamentou, em nota, o falecimento de Nahur.

“A Fórmula Vee lamenta profundamente a morte do piloto Marcos Tadeu Maciel Nahur, que participava no último sábado da abertura da Copa ECPA de Velocidade, na categoria Marcas e Pilotos. Antes desta fatalidade, a FVee realizou a primeira prova pela primeira etapa da Copa ECPA. A segunda prova, cancelada, será remarcada. Nossos sentimentos à família do piloto Marcos Nahur”, diz a nota. A Copa ECPA terá o total de oito etapas em 2022.

Voltar