fbpx
Muay Thai

Paulista de Muay Thai PMIF recebe 600 pessoas

Evento realizado pelo Centro de Treinamento In Fight é sucesso em Piracicaba

Campeonato Paulista de Muay Thai PMIF 2020
Régis elogiou a estrutura da competição e a participação da equipe piracicabana no Estadual (Foto: Rei Fight)

O Centro de Treinamento In Fight, em Piracicaba, foi palco para as 30 lutas do 1º Campeonato Paulista de Muay Thai PMIF (sigla em inglês para Federação Internacional de Muay Thai Pairojnoi), que aconteceu no último sábado (22). O evento, dividido em cards amador e principal, contou com atletas estrangeiros (Uruguai) e de outros estados (Bahia e Paraíba), e recebeu um público de cerca de 600 pessoas. Na disputa do cinturão In Fight, Edinázio Carvalho manteve o título da categoria 75 kg ao vencer Corvão. Na briga pelo cinturão PMIF, Denis Neguinho derrotou Daniel Sobral.

“Foi um sucesso. Apesar do Carnaval, o público compareceu e foi um evento lindo. As lutas foram de alto nível, um espetáculo à parte para o público que pagou ingresso. O destaque do evento ficou por conta da luta principal. O Denis Neguinho e o Daniel Sobral deram um show de muay thai. Fico muito feliz e muito grato por proporcionar uma competição de muay thai à cidade, ao público e aos atletas”, destacou Luis Reginaldo Pezzato, o Régis Muay Thai, organizador da competição ao lado de Ademir Mori, diretor-técnico da PMIF no Brasil.

Na competição, o Centro de Treinamento In Fight foi representado por 11 atletas. O lutador Vinicius Piza derrotou Jhobert Caetano na categoria 75 kg. Estreante, Sabrina Conti (75 kg) também venceu, assim como Jéssica Lourenço (75 kg), Kaique (57 kg) e Renan Amaro (65 kg). Elton Gigante (53 kg), Kássia Bragaia (80 kg) e Paulo Ricardo de Souza (63 kg) foram derrotados por pontos. Isabeli Piza (65 kg) empatou no tempo regulamentar, mas perdeu no round extra. As irmãs Jhani Mendes (53 kg) e Joice Mendes (52 kg) também perderam por pontos por Kemelyn Keke e Veronica Calas, respectivamente.

“Em uma avaliação geral, todos os atletas da equipe foram muito bem. Apesar de alguns atletas não conseguirem vencer, eles tiveram uma boa postura, lutaram bem, mas nós sabemos que lutar não é fácil. Alguns foram derrotados por pontos, muitos são iniciantes no muay thai, mas eu avalio que eles tiveram um bom desempenho no campeonato. Estamos no caminho certo. Vamos continuar trabalhando e sem desanimar, pois as derrotas servem de aprendizado”, afirmou Régis.

CALENDÁRIO

O próximo compromisso da equipe piracicabana será o Super Thailand, que acontece no dia 15 de março, na Arena de Lutas, em São Paulo. Os atletas Jhani Mendes e Lucas Oliveira ‘Mão de Pedra’ serão os representantes da In Fight na competição.

Voltar