fbpx
Futebol

Paulão e Cirne acertam permanência no Alvinegro

Zagueiro e meio-campista fecham acordo para continuar no clube piracicabano

Filipe Cirne, meia do XV de Piracicaba
Filipe Cirne permanece no time piracicabano para a sequência da Série A2 (Foto: Michel Lambstein)

O XV de Piracicaba anunciou nesta segunda-feira (11) a permanência de mais dois jogadores para o encerramento do Campeonato Paulista da Série A2, que ainda não tem data prevista para retorno devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O zagueiro Paulão e o meia Filipe Cirne se juntam aos nove atletas que tinham contratos a serem encerrados durante os meses de abril e maio, e que fecharam acordo com o clube para continuar no elenco do Alvinegro.

Além de Paulão e Cirne, ficam no XV o goleiro Mota, os laterais Jefferson Feijão e Robertinho, o zagueiro Diego Jussani, o volante Bruno Lima, o meioa Daniel Costa e os atacantes Marcelinho, Érik Gabriel e Caio Mancha. O lateral-esquerdo Assis teve o contrato de empréstimo junto ao Náutico terminado e não estendido. O companheiro de posição, Wallace, também deixou o Nhô Quim, assim como o volante Hiroshi, o meia Rafael Mineiro e o atacante Erick Salles.

ELENCO

A situação das demais peças do plantel do Nhô Quim é a seguinte: os zagueiros Douglas Marques, Gilberto Alemão e Muriel encerram contrato na próxima sexta-feira (15) e seguem negociando com o XV, mesma situação do volante Walfrido, cujo vínculo expira no dia 19 de maio. Os goleiros Fábio e Leonardo, o volante Gabriel Soares e o meio-campista Victor Adame estão ligados ao clube até o término da atual temporada, enquanto o contrato do volante David termina em 17 de agosto.

O lateral-esquerdo Rubens Carvalho, os volantes Fraga, João Pedro e Samuel Andrade, e os atacantes Kadu, Érison e Raphael Macena têm vínculos mais longos. Após 12 rodadas do Campeonato Paulista da Série A2,  os comandados do técnico Tarcísio Pugliese encontram-se na quinta colocação na tabela de classificação, com 19 pontos ganhos. A última partida do Nhô Quim no torneio ocorreu no dia 12 de março, quando foi derrotado por 1×0 pelo Taubaté, fora de casa.

Voltar