fbpx

Líder Esportes

Opinião

Onde estão os paulistas?

A Copa do Brasil acabou para os times paulistas na noite desta quarta-feira (19). Palmeiras, Corinthians e Santos caíram diante de Grêmio, Cruzeiro e Internacional, respectivamente, e deram adeus à possibilidade de uma conquista em nível nacional. Do trio, somente o Alviverde tem possibilidade de ainda levantar uma taça – a de campeão brasileiro. Agora, Santos e Corinthians têm como ‘prêmio de consolação’ a possibilidade de uma vaga na Copa Libertadores de 2017.

Muito pouco para o grande investimento dos clubes do maior Estado da federação. Apesar de o Corinthians ter mudado praticamente todo o elenco ao longo da temporada, a Copa do Brasil era algo real em um torneio ‘mata-mata’. O Alvinegro Praiano ainda tem chances matemáticas de chegar ao título do Brasileirão deste ano. A prática, porém, é outra conversa, pois dificilmente Palmeiras e Flamengo perderão pelo menos quatro das sete partidas restantes.

Já o Palmeiras tinha mais ou menos isso em mente – a desclassificação do segundo torneio mais importante do país. A partir do momento em que o técnico Cuca abriu mão do time titular no confronto diante do Grêmio, essa possibilidade aumentou. Logicamente, queria avançar, mas a eliminação não deixou sequelas, afinal, o foco é o Brasileirão.

Com Grêmio diante do Cruzeiro e Internacional contra o Atlético-MG, a disputa será acirrada. Quatro gigantes do futebol nacional. A final poderá ser um clássico gaúcho ou um clássico mineiro. Pra mim, Tricolor e Galo têm a “vantagem” (sim, com aspas, pois é uma questão muita relativa) por decidirem em suas arenas.

Só como palpite, eu apostaria em uma final entre Grêmio e Atlético-MG. São, na teoria, os melhores times. Estão na parte de cima do Campeonato Brasileiro. Mas, em se tratando de Copa do Brasil, tudo pode acontecer. O que esperamos é assistir um grande futebol e ver de camarote o campeão, já que os times paulistas não tiveram competência para seguir em frente…

Erivan Monteiro é jornalista e cronista esportivo

Voltar