fbpx
Futebol

Nos pênaltis, XV se despede da Copa do Brasil

Alvinegro empata com Juventude no tempo normal, mas acaba eliminado

Mota, goleiro do XV de Piracicaba
O goleiro Mota isolou a última cobrança: XV de Piracicaba eliminado na Copa do Brasil (Foto: Michel Lambstein)

O XV de Piracicaba foi eliminado da Copa do Brasil nesta quarta-feira (26), após perder nos pênaltis para o Juventude-RS, no Barão da Serra Negra. No tempo regulamentar, a partida terminou empatada por 1×1. Daniel Costa abriu o placar para o Nhô Quim e Eltinho empatou para os visitantes. A vaga foi decidida nas penalidades e o time gaúcho levou a melhor, vencendo por 8×7. O Alvinegro volta a campo no próximo domingo (1º), às 18h, para enfrentar o Sertãozinho, novamente em Piracicaba. O duelo é válido pela nona rodada da Série A2.

Debaixo de chuva, o XV entrou em campo com uma única mudança na equipe titular: Bruno Lima, recuperado de lesão, ficou com a vaga do suspenso Robertinho. Apesar do gramado encharcado, o jogo começou bastante disputado. Aos 2min, o zagueiro Diego Jussani colocou a bola na área e Caio Mancha quase encobriu o goleiro, mas Genílson salvou em cima da linha. Aos 8min, o volante Bruno Lima escapou da marcação na entrada da área e finalizou com perigo por cima do gol. A reposta do Juventude veio dois minutos depois. Bruno Alves arriscou de fora da área e a bola desviou em Jussani, mas Mota conseguiu mandar para escanteio.

Caio Mancha, atacante do XV de Piracicaba

O atacante Caio Mancha deixou o campo lesionado contra o Juventude-RS (Foto: Michel Lambstein)

O confronto estava eletrizante. Aos 11min, novamente Bruno Alves chutou e o goleiro quinzista defendeu com as pontas dos dedos. Aos 17min, Kadu quase abriu o placar para o XV: o atacante recebeu lançamento de Mota, limpou a jogada e buscou o ângulo de Marcelo, que espalmou para escanteio. Aos 33min, Kadu encontrou Filipe Cirne pelo lado direito e a meio bateu rente à trave direita de Marcelo. Antes do intervalo, Marciel e Lennon pararam novamente em Mota, que por duas vezes impediu o gol do Juventude.

No início do segundo tempo, o Nhô Quim inaugurou o marcador. Aos 4min, Daniel Costa cruzou pelo lado esquerdo, ninguém interceptou a jogada e a bola morreu no fundo da rede: 1×0. Em vantagem no placar, o XV ficou mais com a bola nos pés, mas cedia espaços ao adversário, que rondava a área alvinegra. Aos 14min, em cruzamento pelo lado direito, Bruno Nunes se antecipou à zaga e completou para defesa de Mota. A ducha de água fria veio aos 25min. Eltinho recebeu livre na entrada da área e acertou o ângulo, inapelável para o goleiro: 1×1.

A situação do Nhô Quim piorou aos 33min. Érison chutou a bola longe após cometer falta e recebeu o cartão amarelo. O atacante reclamou e o árbitro Rodrigo Carvalhaes de Miranda, por uma suposta ofensa, expulsou o camisa 18. Com um homem a mais, o time gaúcho se lançou ao ataque. Aos 40min, Iago Dias cruzou com perigo pelo lado direito e Gilberto Alemão cortou de cabeça. O XV reagiu na bola parada. Daniel Costa mandou uma bomba de fora da área, mas Marcelo colocou para escanteio. Com o empate, a vaga foi decidida nos pênaltis.

PÊNALTIS

Mota defendeu a cobrança de Eltinho e Daniel Costa colocou o XV em vantagem. Na sequência, Igor marcou e Marcelo defendeu o chute de Marcelinho: 1×1. Na terceira cobrança do Juventude, João Paulo chutou para fora, mas Gilberto Alemão parou em nova defesa de Marcelo. Edcarlos colou os visitantes em vantagem e Jussani empatou: 2×2. Bruno Alves fez 3×2 e Walfrido empatou. Nas cobranças alternadas, todos os jogadores marcaram e a decisão coube aos goleiros: Marcelo marcou e Mota isolou: 8×7 para o Juventude, classificado para a terceira fase.

FICHA TÉCNICA

1 (7)   XV DE PIRACICABA

Mota; Jéfferson Feijão (Gabriel Soares), Diego Jussani, Gilberto Alemão e Paulão; Walfrido, Bruno Lima e Daniel Costa; Filipe Cirne (Marcelinho), Kadu e Caio Mancha (Érison). Técnico: Tarcísio Pugliese

1 (8)   JUVENTUDEEsporte Clube Juventude

Marcelo Carné; Samuel Santos, Genílson, Edcarlos e Eltinho; João Paulo, Marciel (Igor) e Pedro Ken (Iago Dias); Bruno Alves, John Lennon e Bruno Nunes (Caíque Valdívia). Técnico: Marquinhos Santos

Gols: Daniel Costa (XV) aos 4min e Eltinho (JUV) aos 25min/2ºT | Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda | Cartões amarelos: Bruno Lima, Daniel Costa, Diego Jussani e Tarcísio Pugliese (XV); Genilson, Samuel Santos, Fábio Matos (JUV) | Cartão vermelho: Érison (XV) | Público: 2.303 pagantes | Renda: R$ 49.375,00

Voltar