fbpx
Futebol

Nhô Quim encaminha contratação de Serginho

Jogador deve ser anunciado nesta semana; clube apresenta três reforços

O goleiro Luan, o lateral-esquerdo Lucas Morais e o meia Rafael Rosa, reforços do XV de Piracicaba
O XV apresentou ontem o goleiro Luan, o lateral Lucas Morais e o meia Rafael Rosa (Foto: Divulgação)

Na briga pelo acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro, a diretoria do XV de Piracicaba continua buscando reforçar o elenco. O meia-atacante Serginho, de 32 anos, que defendeu o Botafogo na Série A1 do Campeonato Paulista, deve ser o próximo jogador apresentado pelo clube. Em 2016, Serginho participou de 30 jogos pela equipe de Ribeirão Preto, marcando apenas três gols. Na atual temporada, o meia-atacante atuou somente em oito jogos – sete na Série A1 do Paulista e um na Série C do Brasileiro, tendo balançado a rede apenas uma vez.

Experiente, o jogador de 1,70 m coleciona passagens por diversos clubes paulistas, entre eles Mirassol, Red Bull, Mogi Mirim, Portuguesa e Linense. “O Serginho é um jogador acima da média. Se der certo, e creio que dará, vai nos ajudar bastante. É um jogador que atua como meia ou atacante de beirada. Falta definir a situação do empréstimo junto ao Botafogo para deixar tudo certo”, disse Ricardo Moura, vice-presidente e diretor de futebol do XV. O  Nhô Quim volta a campo no sábado (27), às 16h, para encarar o Brusque-SC, no estádio Augusto Bauer, em Santa Catarina.

APRESENTAÇÃO

Na tarde desta quarta-feira (24), o XV de Piracicaba apresentou mais três reforços para a disputa da quarta divisão do Campeonato Brasileiro: o goleiro Luan, o lateral-esquerdo Lucas Morais e o meia Rafael Rosa. Com passagens por Bragantino e São José dos Campos, Lucas Morais é uma das apostas do Nhô Quim. “É uma grande oportunidade para nós, pois podemos aparecer no cenário nacional. Vamos em busca do acesso para a Série C”, disse. O goleiro Luan, que também atuou com Morais nas duas equipes, não terá vida fácil na briga pela titularidade.

“Primeiramente, meu pensamento é ganhar meu espaço, evoluir com os treinamentos. Quanto a ser escalado, depende do Cristiano (Cavalcante, preparador de goleiros) e do professor Márcio Fernandes. Isso é consequência de um bom trabalho nos treinamentos e vai acontecendo naturalmente”, disse Luan. Com 13 partidas pelo Taubaté, o meia Rafael Rosa foi um dos destaques da equipe na disputa da Série A2 do Paulista. “Minha passagem pelo Taubaté foi muito boa. Infelizmente, não conseguimos classificar, mas pude ajudar o time em muitas partidas”, afirmou Rafael Rosa.

Voltar