fbpx
Karatê

Natalia Brozulatto faz história de novo e conquista 12º título brasileiro

Atleta de Piracicaba dá show em Uberlândia e acrescenta mais um ouro para coleção no principal evento do país

Natalia Brozulatto, lutadora de karatê da equipe Sport Way
Natalia Brozulatto: campeã brasileira pela 12ª vez na carreira (Foto: Renato Aoki/Além do Kiai)

Natalia Brozulatto continua fazendo história no karatê. Neste sábado (12), em Uberlândia (MG), a karateca piracicabana conquistou pela 12ª vez na carreira o título do Campeonato Brasileiro. A medalha de ouro foi garantida com a vitória sobre Gabriela Camargo, de Blumenau (SC), na final da categoria -68 kg. A decisão foi um verdadeiro show: depois de sair perdendo por 1×0, Natalia anulou a adversária e mostrou variedade nos golpes para virar o placar para 9×1. Conforme o regulamento, a diferença de oito pontos encerra a luta independente do tempo restante.

Doze vezes campeã brasileira, Natalia conseguiu o título pela primeira vez em 2006. Entre 2008 e 2014, a atleta da equipe Sport Way/Selam engatou uma série de oito conquistas consecutivas – em 2010, foram duas medalhas de ouro em categorias diferentes. A sequência foi interrompida em 2015, após o triunfo inédito nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá. Na ocasião, a lutadora ficou dez meses afastada dos tatames devido ao período de gestação, e não participou do Campeonato Brasileiro.

“Estou muito feliz. A preparação foi excelente e agradeço as pessoas que estão sempre ao meu lado, minha família. A sensação é muito boa e ser campeã só aumenta minha confiança para encarar o que vem pela frente”, afirmou a karateca, que representa o Exército Brasileiro. Além do ouro no Pan e de agora 12 títulos nacionais, Natalia é dona de um currículo recheado de conquistas, entre elas cinco Sul-Americanos (2009, 2011, 2012, 2013 e 2015), um Aberto dos Estados Unidos (2013), um vice-campeonato na Copa do Mundo (2012) e mais cinco medalhas em etapas da Liga Mundial (Premier League e Series A).

A única nota negativa do evento para Piracicaba foi a lesão de Hernani Veríssimo. Prata nos Jogos Pan de Lima, o lutador sentiu o joelho e teve que abandonar a disputa. A programação deste sábado foi reservada para as finais da categoria sênior, com 12 decisões no tatame central montado no Ginásio Arena do Praia Clube. De acordo com o resultado oficial divulgado pela CBK (Confederação Brasileira de Karate), São Paulo ficou com o título de campeão geral por Estados. O campeonato se encerra neste domingo (13), com as disputas do Nacional Estudantil.

Voltar