fbpx
Karatê

Natalia Brozulatto é derrotada por anfitriã no Chile

Atleta de Piracicaba estreia na temporada 2020 da Liga Mundial em Santiago

Natalia Brozulatto, atleta de karatê da equipe Sport Way
Natalia Brozulatto está na briga por uma vaga aos Jogos Olímpicos de Tóquio (Foto: Arquivo/Renato Aoki)

A piracicabana Natalia Brozulatto deu início à temporada 2020 no último sábado (11), com a disputa da primeira etapa da Series A, evento que integra a Liga Mundial de Karatê. A competição foi realizada em Santiago, no Chile. A atleta da equipe Sport Way/Selam foi derrotada pela anfitriã Ignacia Morales, pelo placar de 3×2, em duelo válido pela categoria -68 kg. Com a eliminação da chilena na rodada seguinte, a karateca de Piracicaba não chegou à repescagem.

Campeã brasileira pela 12ª vez em 2019, a Natalia Brozulatto voltou à seleção brasileira após encerrar o ano passado na liderança do ranking da CBK (Confederação Brasileira de Karatê). A etapa chilena da Series A teve como campeã da categoria -68 kg a lutadora italiana Silvia Semeraro. A medalha de prata foi conquistada pela atleta do Azerbaijão, Irina Zaretska, enquanto o terceiro lugar do pódio foi dividido entre a ucraniana Halyna Melnyk e a chinesa Li Gong.

Com o karatê inserido na programação dos Jogos Olímpicos de Tóquio, Natalia Brozulatto tem como principal objetivo do ano a classificação para o evento. Em fevereiro, ocorre o Pré-Olímpico Nacional, em São Paulo. “O objetivo é sim classificar para as Olimpíadas e ser medalhista olímpica. A medalha é uma consequência, pois o caminho mais difícil e mais longo é a classificação. Estou me preparando cada vez mais, me lapidando, e sinto que vivo um momento de maturidade na carreira”, afirmou a atleta.

Voltar