fbpx

Líder Esportes

Kickboxing

Na rua, atleta pede ajuda para seguir ‘sonhando’

Isaias foi aos semáforos e arrecadou cerca de R$ 1.000; ele vai disputar o Pan

Isaias Silva, lutador de kickboxing
Isaias busca o bicampeonato pan-americano de kickboxing em Cancún (Foto: Líder Esportes)

Isaias Silva tem o currículo recheado de conquistas nacionais e internacionais. Lutador de kickboxing, ele tem viagem marcada no fim do mês para Cancún, no México, onde vai buscar o bicampeonato pan-americano de kickboxing. O atleta de Piracicaba, campeão em 2014 na categoria light (tatame) 57 kg, tenta repetir a façanha alcançada dois anos atrás em Corrientes, na Argentina. Os dias que antecedem a competição, porém, têm sido agitado para Isaias. Os treinos dividem a atenção do lutador com outra preocupação que geralmente ocupam a cabeça de todo atleta amador: a condição financeira. Foi quando surgiu a ideia: ir para a rua.

“A ideia surgiu em casa, estava pensando: ‘Como é que eu vou fazer para conseguir pagar minhas contas?’ O jeito mais fácil que encontrei foi ir para o semáforo e pedir ajuda. Como é em prol do esporte, as pessoas valorizaram muito. Graças a Deus, muitas pessoas ajudaram e consegui levantar um bom dinheiro que vai ajudar muito”, disse Isaias, que foi às ruas três vezes, nos cruzamentos entre as avenidas Independência e Saldanha Marinho, e também no semáforo entre a avenida Independência e a rua Morais Barros. O saldo da ação foi positivo nos aspectos do aprendizado e, claro, financeiramente.

“Consegui quase R$ 1.000, o que vai me ajudar muito na questão da passagem e nos gastos que vou ter durante o campeonato”, afirmou o atleta, que contou com a ajuda de um grupo de cerca de dez amigos nas atividades realizada no semáforo. “Precisa ser muito humilde. Cada pessoa, é uma abordagem diferente. Tem aqueles que nem abrem o vidro, ignoram, mas tem pessoas que ajudam, tratam bem e desejam boa sorte. Isso dá força para continuar. É muito difícil, mas temos que levantar a cabeça e seguir em frente. Nada na minha vida foi fácil e sempre corri atrás dos meus sonhos. Agradeço a todos os meus amigos que estão aqui ajudando muito. Sozinho, não conseguiria nada”.

RESPONSABILIDADE

Na atual temporada, o atleta do grupo Company Top Fight/Fit Life/Bomber participa do Pan-americano em  duas modalidades: low kick (ringue) e kick light (tatame), ambos 57 kg. No México, Isaias sabe que terá a responsabilidade de tentar o bicampeonato. Porém, o lutador assimila a ‘pressão’ como forma de motivação para repetir a façanha. “Encaro isso com naturalidade, mas sei que tenho que fazer um pouco a mais do que fiz antes, na Argentina. Como fui campeão, a pressão existe para repetir o resultado, por representar a seleção brasileira. Quero fazer melhor do que eu fiz e vou matar um leão por dia para trazer o título para casa”, completou.

Isaias Silva, lutador de kickboxing

Com ajuda dos amigos, atleta arrecada dinheiro para pagar despesas em competições (Foto: Líder Esportes)

Voltar