fbpx
Futebol

Moisés Egert não é mais técnico do XV de Piracicaba

A saída foi sacramentada nesta segunda-feira (24); treinador queria permanecer no clube

*Capa: Arquivo/Elcio Fabretti

Moisés Egert não é mais técnico do XV de Piracicaba. O treinador foi demitido pelo clube após reunião realizada na manhã desta segunda-feira (24), no Estádio Municipal Barão da Serra Negra. A informação sobre a saída do técnico foi apurada pelo LÍDER e deve ser confirmada nas próximas horas pela diretoria, que mantém o silêncio, mas já busca no mercado o substituto para o cargo. A reportagem apurou que o fim do vínculo foi unilateral – Moisés queria seguir no comando do time piracicabano, mas não houve acordo com a direção.

Essa foi a segunda passagem do treinador pelo Alvinegro. Campeão da Série A2 e dono de dois acessos consecutivos que levaram o Nhô Quim da A3 para a elite do futebol estadual, entre 2010 e 2011, o treinador não conseguiu repetir o sucesso no retorno ao clube. No segundo semestre do ano passado, Moisés levou o XV de Piracicaba às semifinais da Copa Paulista, mas acabou eliminado pelo Marília. A maior expectativa, entretanto, foi depositada na atual edição da Série A2.

Após início com resultados positivos, a equipe alvinegra mergulhou em uma crise e encerrou a participação amargando o jejum de dez jogos sem vencer. Na primeira fase, o XV ficou em oitavo lugar, com 21 pontos. Foram cinco vitórias, seis empates e quatro derrotas (46,7% de aproveitamento), e a alarmante marca de apenas 11 gols marcados em 15 partidas. A eliminação precoce veio nas quartas de final para o Oeste, depois de um empate sem gols em Piracicaba e a derrota de virada por 2×1 em Barueri.

PLANEJAMENTO

Segundo o site ‘Repórteres em Ação’, além de Moisés, deixam o clube o goleiro Tom, os laterais Cleiton Savedra e Léo Duarte, os volantes Baraka e Maicon Souza, e os atacantes Juninho Potiguar, Marlyson e Mazinho. O zagueiro Maurício Ramos e os atacantes Juliano e Tito também devem encerrar o vínculo com o Nhô Quim. Ainda sem contrato para o segundo semestre, o goleiro Matheus Nogueira, o zagueiro Renan Dutra, o lateral-esquerdo Jefferson Recife, os volantes Felipe Manoel e Gustavo Hebling, e o meia Alisson Taddei interessam ao XV para a montagem do elenco que disputará a Copa Paulista. A folha salarial girará em torno de R$ 120 mil.

Voltar