fbpx
Kickboxing

Micheletti mantém cinturão; Isabele vence na estreia

Lutadora piracicabana começa bem a trajetória no WGP realizado em Sorocaba

Felipe Micheletti, atleta de kickboxing do WGP
Felipe Micheletti defendeu com sucesso mais uma vez o cinturão do WGP (Foto: Felipe Minharo/Líder Esportes)

O campeão mundial de kickboxing Felipe Micheletti manteve o cinturão dos pesos pesados (94,1 kg) do WGP. Na edição 45 do evento, realizada neste sábado (5), no Ginásio Municipal Gualberto Moreira, em Sorocaba, Micheletti contou com o apoio do público para abrir um knockdown e derrotar o chileno Ivan Galaz por decisão unânime. A noite teve bons e maus resultados para os piracicabanos. Isabele Almeida e Marcos Alves venceram seus combates no card preliminar, enquanto Elaine Lopes passou pela semifinal, mas acabou derrotada na decisão do GP Challenge. Gustavo Piacentini perdeu para Leo Corrales.

No confronto entre o campeão argentino e o campeão brasileiro, melhor para Leo Corrales. Invicto na categoria -60 kg, o lutador portenho acertou um chute alto a 1min03 do primeiro round e derrotou o piracicabano Gustavo Piacentini por nocaute. Foi a segunda vez na carreira em que o atleta da equipe Company Top Fight sofreu o KO. A revanche brasileira veio com Lucas Almeida, que superou o argentino Damian Segovia por decisão unânime (-71,8 kg) em combate eletrizante do primeiro ao último assalto.

Leo Corrales venceu Gustavo Piacentini por nocaute a 1min03 do primeiro round (-60 kg) WGP 45

Corrales venceu Piacentini no combate disputado em Sorocaba (Foto: Felipe Minharo/Líder Esportes)

No GP Challenge Feminino, categoria -56 kg, a piracicabana Elaine Lopes venceu Aline Pereira por decisão unânime na primeira semifinal. Na segunda perna, Brena Cardozo despachou Daiana Torquato também por decisão unânime. O tira-teima pelo título do GP teve decisão decidida e foi favorável a Brenda, segundo a contagem dos juízes. Piracicaba também teve mais um representante no card preliminar: Marcos Alves derrotou Fábio Fernandes por decisão unânime pela categoria -64,5 kg e trouxe a vitória para a Noiva da Colina.

ISABELE ALMEIDA

Na luta que abriu o card preliminar, a piracicabana Isabele Almeida derrotou Stephanie Forcin por decisão dividida da arbitragem, em duelo pela categoria -52 kg. Foi a primeira vitória no circuito profissional da atleta da Brock Team Fighters. “É um orgulho estrear no WGP com vitória. Nós esperávamos o resultado, corrigimos os erros cometidos pela Isabele na primeira luta profissional. Hoje, ela subiu ao ringue determinada a ganhar, estava focada e colocou o jogo que nós treinamos. Foi realmente fantástico”, elogiou o técnico Julio Costa.

Isabele Almeida venceu Stephanie Forcin por decisão dividida (-52 kg) WGP 45

Isabele Almeida conquistou a primeira vitória na carreira profissional no WGP em Sorocaba (Foto: JR Damasceno)

O triunfo neste sábado aconteceu exatamente três semanas após a piracicabana estrear como profissional. A derrota sofrida no Gladiators K1, porém, ficou para trás em Sorocaba. “Ainda não dá para descrever o que estou sentindo, é um sonho realizado. Estou com mais garra para continuar e só tenho a agradecer ao Julio (Costa), que é um treinador fantástico, corre atrás de tudo e faz com que o atleta se preocupe apenas com a luta, e à Cristmi (Páfaro), pelo trabalho técnico que desenvolveu comigo”, disse Isabele, que garante não ter sentido ansiedade na luta. “No ringue não, mas na passarela de entrada bateu um frio na barriga sim (risos). Confira os resultados oficiais dos cards preliminar e principal do WGP 45:

CARD PRELIMINAR:

  • Isabele Almeida venceu Stephanie Forcin por decisão dividida (-52 kg)
  • Marcos Lolata venceu Samuel Lima por nocaute aos 38 segundos do segundo round (-71,8 kg)
  • Leonardo Pereira venceu Claudemir Esteves por decisão dividida (-60 kg)
  • Marcos Alves venceu Fábio Fernandes por decisão unânime da arbitragem (-64,5 kg)
  • Jean Matsumoto venceu Tawan Dias por decisão unânime  (-60 kg)

CARD PRINCIPAL

  • Rodolfo Bellato venceu Ronilson Mamute por nocaute a 2min57 do primeiro round (-94,1 kg)
  • Luiz Francischinelli venceu Marcos Carvalho por nocaute técnico a 1min53 do terceiro round (-71, 8 kg)
  • Ivan Villas Boas venceu Bruno Brazil por decisão unânime (-64,5 kg)
  • Diego Black Batista venceu Gustavo Jones por decisão unânime (-64, 5 kg)
  • Elaine Lopes venceu Aline Pereira por decisão unânime (GP -56 kg, semifinal 1)
  • Brena Cardozo venceu Daiana Torquato por decisão unânime (GP -56 kg, semifinal 2)
  • Leo Corrales venceu Gustavo Piacentini por nocaute a 1min03 do primeiro round (-60 kg)
  • Lucas Almeida venceu Damian Segovia por decisão unânime (-71,8 kg)
  • Brenda Cardozo venceu Elaine Lopes por decisão dividida (GP -56 kg, final)
  • Felipe Micheletti venceu Ivan Galaz por decisão unânime (-94,1 kg, disputa de cinturão)

 

Voltar