fbpx
Muay Thai

Lukas Bueno celebra evento e elogia lutadores

Fernanda Mariano e Jeferson Vieira foram os destaques do Inter Inside local

Lukas Bueno, treinador da equipe Inside Piracicaba
Lukas Bueno também atuou como árbitro na competição do último fim de semana (Foto: Líder Esportes)

Fernanda Mariano e Jeferson Vieira foram os destaques da equipe comandada pelo treinador Lukas Bueno na disputa do Inter Inside Piracicaba, evento de muay thai disputado no último fim de semana. A dupla venceu as duas super lutas programadas na competição, pelas categorias -65 kg e -58 kg, respectivamente. Para completar a programação de maio, o grupo viaja no próximo sábado (27) para a cidade de Araraquara, que organiza o Festival Araraquarense Muay Thai. Apesar do calendário recheado, o desempenho tem sido elogiado pelo técnico.

“Nós estamos muito felizes. O Jeferson fez uma luta impressionante, lutou muito bem, é o quarto lutador ‘top’ que ele enfrenta neste ano e ele está apenas começando. O Vinicius (Henrique, adversário) é um menino rodado, muito técnico, bom de luta e guerreiro. O combate entre eles luta levantou o público. Já a Fernanda mais uma vez enfrentou uma menina mais alta e que não bateu o peso, mas mesmo assim ela venceu. O trabalho da Fernanda tem sido excelente. O torneio foi bastante válido, o pessoal saiu muito feliz com o que viu”, afirmou Lukas Bueno.

KICKBOXING

Fernanda derrotou Jaqueline Rocha, enquanto Jeferson superou Vinicius Henrique. O sábado (20) foi de festa completa para a equipe Inside. Em Sorocaba, na edição 37 do WGP Kickboxing, o lutador Diego Gaúcho acertou um cruzado de esquerda para vencer o desafiante Fernando Nonato por nocaute, aos dois minutos e 58 segundos do terceiro round, mantendo o cinturão dos super médios (78,1 kg). O triunfo foi bastante celebrado pelo grupo liderado por Lukas Bueno.

“O Diego Gaúcho é um ser humano incrível e merece cada passo que está dando, se Deus quiser vai disputar o Glory, que é o maior evento do mundo no kickboxing. Não vejo ninguém na categoria com mais capacidade, ele passou um ano difícil, só nós da equipe dele sabemos o que ele enfrentou. Não foi surpresa o nocaute, acho que ele nocauteou em cinco das últimas seis lutas que fez. Ele ele coloca a alma na mão, na canela. É a emoção de quem batalha todo dia e sofre muito para estar lá em cima no ringue”, elogiou.

Voltar